Leia também:
X Ucrânia diz que Exército russo sequestrou prefeito de Melitopol

Gabriel Boric, de 36 anos, toma posse como presidente do Chile

Ele é o presidente mais jovem da história do país

Gabriela Doria - 11/03/2022 21h17

Gabriel Boric toma posse como presidente do Chile Foto: EFE/Elvis Gonzales

Gabriel Boric tomou posse nesta sexta-feira (11) como presidente do Chile, sem gravata e cercado por maioria de mulheres em seu gabinete, uma mudança de rumo que pode ser vista no primeiro dia à frente de um país abalado após a crise de 2019.

“Perante o povo e os povos do Chile, eu prometo”, disse Boric, o mais jovem presidente da história do país, com apenas 36 anos, para depois erguer o punho esquerdo e assinar sua posição de autoridade máxima sem esconder a emoção de assumir com “grande senso de responsabilidade e dever para com o povo.”

– Faremos o possível para superar os desafios que enfrentamos como país – disse ele ao encerrar a cerimônia de posse no Congresso em Valparaíso, a 120 quilômetros de Santiago.

Cercado pelas mulheres que comporão o novo governo do Chile, Boric assumirá o cargo em um dos momentos mais desafiadores desde o fim da ditadura de Augusto Pinochet, em 1990.

– Pensando em minhas avós, minha mãe, minha filha, filho, enteadas, em milhões de mulheres que lutaram durante séculos para quebrar barreiras – postou no Twitter a ministra da Justiça e Direitos Humanos, Marcela Ríos.

O ex-líder estudantil recebeu a faixa presidencial de Sebastián Piñera, de 72 anos – o dobro de sua idade – que termina seu segundo mandato como parte de um ciclo político que trouxe avanços graças ao modelo neoliberal, mas também deixou uma grande lacuna de desigualdade que desencadeou grandes protestos em outubro de 2019.

Das pitorescas colinas de Valparaíso, os vizinhos reclamaram porque queriam ver Boric, que desceu do Ford Galaxie no qual fez um passeio formal com sua ministra do Interior, Izkia Siches, também de 35 anos.

O carro foi conduzido pela primeira vez por uma mulher, a suboficial dos Carabineros, Lorena Cid, parte de sua escolta desde novembro de 2021.

DILMA ROUSSEFF CONVIDADA ESPECIAL
O presidente Jair Bolsonaro não compareceu à cerimônia, ao contrários da ex-presidente Dilma Rousseff, que foi convidada pessoal de Boric. Entre outros líderes, estiveram o diplomata da Ilha de Páscoa, Manahi Pakarati, que recebeu cada convidado como Diretor de Protocolo: os presidentes do Uruguai, Luis Lacalle Pou; da Argentina, Alberto Fernández; do Peru, Pedro Castillo; Rei Felipe VI da Espanha; Luis Arce, da Bolívia.

*Com informações da AE

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.