Leia também:
X Muçulmanos têm ‘direito de matar milhões de franceses’, diz ex-premiê da Malásia

95% das doações do Vale do Silício favoreceram Joe Biden

Levantamento mostrou que funcionários do setor de tecnologia apoiam mais Biden do que Trump

Ana Luiza Menezes - 30/10/2020 16h36 | atualizado em 30/10/2020 16h40

Joe Biden Foto: Reprodução

O portal americano WIRED divulgou dados sobre o financiamento da campanha de Joe Biden, oponente de Donald Trump. Um levantamento apontou que 95% das doações feitas por colaboradores de grandes empresas do Vale do Silício favoreceram o candidato democrata.

Funcionários de companhias como Amazon, Apple, Facebook, Microsoft, Oracle e Alphabet doaram o total de 4,7 milhões de dólares (R$ 27 milhões) para Biden e 239 mil dólares (R$ 1.375 milhão) para Trump. Os dados citados pelo site foram divulgados pela Comissão Eleitoral Federal, que exige que eleitores, que contribuem com 200 dólares (R$ 1.151) ou mais, devem informar a doação aos empregadores.

Na análise do WIRED, o fato de Biden ter levantado mais dinheiro do que Trump, entre funcionários do setor de tecnologia, não é uma surpresa, visto que em 2016 líderes do Vale do Silício já tinham apoiado de forma mais intensa a campanha de Hilary Clinton contra Trump.

Leia também1 The Intercept sobre Glenn: "Pessoa adulta fazendo birra"
2 Trump sobe o tom: "Temos que fazer algo sobre o Google"
3 Senador critica Twitter, Facebook e Google: "Ameaça à liberdade de expressão"
4 Facebook, Twitter e Google na mira do Senado dos EUA
5 Joe Biden: Saiba mais sobre o oponente de Donald Trump

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.