Leia também:
X Clínica suspende eutanásia de mulher sem doença terminal

Foro de SP: Narcotráfico teria financiado partidos de esquerda latinos e europeus

Denúncia é da jornalista espanhola Cristina Segui

Pleno.News - 10/10/2021 18h45 | atualizado em 11/10/2021 11h02

jornalista espanhola Cristina Segui
Cristina Segui é especializada na política iber0-americana Foto: Reprodução

A jornalista espanhola Cristina Segui, especializada em política ibero-americana, denunciou que o narcotráfico teria patrocinado partidos de esquerda na Europa e na América Latina, durante entrevista ao jornal da Record.

A comunicadora conta ter voltado as suas atenções para o tema depois que o ex-chefe da Inteligência de Hugo Chávez e Nicolás Maduro, Hugo Carvajal, conhecido como El Pollo, foi preso na Espanha, no início de setembro. Ele estava foragido desde 2019.

Segundo a Cristina, o Centro Nacional de Inteligência da Espanha sabia onde ele estava escondido e teria acobertado sua fuga. O órgão seria administrado por partidos socialistas, financiados pelo narcotráfico da América Latina. Na fuga, El Pollo também teria recebido ajuda de políticos e de personalidades lulistas, do PT.

A comunicadora conta que, assim como no caso de Carvajal, regimes políticos da esquerda de outros países estão ligados ao crime organizado, unidos pelo Foro de São Paulo.

– Neste momento, o Foro de São Paulo tem uma estrutura criminal. O Foro de São Paulo e todos os que estão ao seu redor e que se opõem às ideias de liberdade e prosperidade das pessoas vivem da criminalidade, do tráfico de armas, do tráfico humano, do tráfico de drogas – denunciou.

Para receber e repassar dinheiro do narcotrafico a regimes comunistas foi criado um centro de estudos políticos e sociais em Valência, na Espanha, diz a jornalista. De acordo com ela, os ex-presidentes brasileiros Lula (PT) e Dilma Rousseff (PT) também teriam sido beneficiados por esse dinheiro.

– Eu creio que, caindo o Foro de São Paulo, caem os regimes criminais na Espanha, na Europa e, claro, na América Ibérica – diz a jornalista.

NOTA DE LULA
Em nota, a assessoria do ex-presidente Lula se defendeu das acusações.

– O ex-presidente Lula foi investigado, teve todos os seus sigilos quebrados, e nenhuma irregularidade foi encontrada. Venceu na justiça todas as falsas acusações feitas contra ele. Lula não tem nenhuma condenação e tem plenos direitos políticos – afirmou.

Ainda de acordo com a assessoria do petista, a acusação carece de provas, não possui “nenhuma base” e foi feita por uma “agente política de outro país com vinculação à extrema direita”.

Leia também1 Bolsonaro é impedido de ver jogo dos Santos por não se vacinar
2 Em SP, Bolsonaro é multado por prefeitura por não usar máscara
3 Governo diz que trabalhará por distribuição de absorventes
4 STF nega pedidos para investigar Paulo Guedes e Campos Neto
5 Renan: 'Homenagem a vítimas da Covid-19 pela CPI é cancelada'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.