Leia também:
X Fauci: EUA não devem exigir comprovante de vacinação

Fernández: Brasileiros saíram da selva; os argentinos, da Europa

Presidente argentino citou música local, pensando ser frase de poeta mexicano

Pierre Borges - 09/06/2021 16h58 | atualizado em 09/06/2021 18h05

Alberto Fernández, presidente da Argentina Foto: EFE/Ballesteros

Nesta quarta-feira (9), o presidente da Argentina, Alberto Fernández, causou polêmica em uma entrevista coletiva com o primeiro-ministro da Espanha, ao afirmar: “Os mexicanos saíram dos índios. Os brasileiros saíram da selva. Mas, nós, os argentinos, chegamos nos barcos, e eram barcos que vinham da Europa, [e] assim construímos nossa sociedade”.

A declaração foi feita na Casa Rosada, sede oficial do governo da Argentina. Fernández disse estar citando o poeta mexicano Octavio Paz, que foi diplomata e vencedor de um Prêmio Nobel de Literatura em 1990. No entanto, a frase citada pelo presidente é o trecho de uma música do cantor argentino Litto Nebbia, de quem Fernández já declarou ser fã.

Possivelmente, a frase que o Chefe de Estado quis se referir é: “Os mexicanos são descendentes de astecas, os peruanos dos incas, e os argentinos dos barcos”. Esta é atribuída ao escritor. A gafe foi cometida enquanto Fernandez falava sobre as relações da Argentina com a Europa. Ele se declarou um “europeísta” e elogiou a aproximação com empresários do continente europeu.

Leia também1 Mastercard anuncia que não vai expor marca na Copa América
2 Tite anuncia lista dos jogadores convocados para a Copa América
3 STJ restaura condenações de 73 policiais no caso do Carandiru
4 Lula: 'Se for necessário para tirar Bolsonaro, serei candidato'
5 Médico detido no Egito volta ao Brasil e diz que foi infantil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.