Leia também:
X Jornalista perde emprego por dar voz a conservadores

EUA: Kanye West desiste de candidatura para presidente

Cantor anunciou que era candidato ao posto no último dia 4 de julho

Paulo Moura - 15/07/2020 13h58

Kanye West Foto: Reprodução

Pouco mais de uma semana após anunciar sua candidatura ao cargo de presidente dos Estados Unidos, o cantor Kanye West desistiu de concorrer ao posto mais alto da política norte-americana. A informação foi confirmada por Steve Kramer, membro da equipe responsável pela campanha do rapper, ao site The Intelligencer.

– Ele está fora – afirmou Kramer ao apontar que a equipe já estava no processo de cancelar tudo relacionado à candidatura do marido da socialite Kim Kardashian.

Kramer não especificou quais foram os motivos que fizeram o cantor desistir da candidatura, mas ressaltou que a escolha de se candidatar a presidente é uma “das mais difíceis”. Ele afirmou ainda que alguns funcionários ficaram desapontados por estarem confiantes nas chances de West assumir o comando do governo dos EUA.

– Não tenho nada de bom ou ruim a dizer sobre Kanye. Cada um tem seus motivos para o porquê de tomarem [determinadas] decisões – disse.

O anúncio do rapper como postulante ao cargo de presidente foi feito no último dia 4, através da conta dele no Twitter. Na ocasião, o cantor afirmou que cumpria a “promessa da América confiando em Deus”.

– Devemos cumprir a promessa da América confiando em Deus, unificando nossa visão e construindo nosso futuro. Estou concorrendo à presidência dos Estados Unidos – escreveu ele.

Leia também1 EUA: Kanye West anuncia que será candidato à Presidência
2 Kanye West diz que teve Covid e que vacina é 'marca da besta'
3 Kanye West critica a violência contra negros em novo clipe
4 Covid19: Veja lista de famosos que fizeram doações
5 Pastor de Bieber curte passeio e visita pontos turísticos do RJ

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.