Leia também:
X Bomba da 2ª Guerra Mundial é detonada no Reino Unido

EUA: Governo revoga restrições de vistos para imigrantes

Biden defendeu que impedir a chegada dessas pessoas não faz avançar os interesses do país

Pleno.News - 01/03/2021 18h42

Joe Biden, presidente dos EUA Foto: EFE/EPA/KEVIN DIETSCH / POOL

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, revogou medida que vetava a entrada de alguns imigrantes no país por suposto “risco para o mercado de trabalho”.

Com a decisão, Biden inverteu com efeito imediato a decisão de Donald Trump, anunciada em 22 de abril de 2020, nos primeiros meses da pandemia de Covid-19.

A decisão de Trump, prorrogada em junho de 2020 e depois em 31 de dezembro de 2020, determinava a suspensão da entrada de imigrantes e não imigrantes que representassem risco durante a recuperação econômica, após a pandemia.

Biden defendeu que impedir a chegada dessas pessoas não faz avançar os interesses da América. “Pelo contrário”, acrescentou, “prejudica os Estados Unidos, inclusive ao impedir membros de famílias de cidadãos americanos e residentes permanentes legítimos de se reunirem com familiares”.

De acordo com o decreto, a decisão do antecessor também prejudica as indústrias americanas que utilizam talentos de todo o mundo. Além disso, “prejudica os indivíduos que foram selecionados para receber a oportunidade de se candidatarem, e aqueles que receberam vistos de imigrantes por meio da Lotaria da Diversidade de Vistos”.

Além de reverter a decisão da administração anterior, Biden instruiu os secretários de Estado, Trabalho e Segurança Interna a reverem “quaisquer regulamentos, ordens, documentos de orientação, políticas e quaisquer outras ações similares” desenvolvidos sob o decreto anterior e, se necessário, emitir novas disposições, de acordo com a atual política.

*Com informações da Agência Brasil

Leia também1 CPAC: Trump diz que voltará à Casa Branca e não criará novo partido
2 EUA autoriza uso emergencial de vacina da Johnson & Johnson
3 Elon Musk quer 'cercar' a Terra com 12 mil satélites de internet
4 Síria adverte que bombardeio dos EUA terá "consequências"
5 Biden bombardeia a Síria em pouco mais de 1 mês de governo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.