Leia também:
X Biden: EUA ainda estão saindo do “colapso econômico” da Covid

EUA e México concordam trabalhar em conjunto para resolver crise migratória

Kamala Harris e Andrés Manuel López Obrador tiveram reunião virtual, nesta sexta-feira

Pleno.News - 07/05/2021 17h32 | atualizado em 07/05/2021 17h33

EUA e México concordam trabalhar em conjunto para resolver crise migratória Foto: Reprodução

A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, e o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, concordaram nesta sexta-feira (7) em estabelecer “uma colaboração estratégica” para abordar a migração da América Central, que inclui enfrentar o desmatamento e o desemprego.

A informação foi divulgada pela porta-voz da vice-presidência dos EUA, Symone Sanders, em nota divulgada após a reunião virtual que os dois líderes políticos realizaram.

Sanders afirmou que Harris e López Obrador concordaram em trabalhar em conjunto a fim de “estabelecer uma colaboração estratégica para enfrentar as causas profundas da migração proveniente dos países da região do Triângulo Norte”, referindo-se a Honduras, Guatemala e El Salvador.

Nesse sentido, a porta-voz disse que a iniciativa prevê que os EUA e o México aproveitem seus conhecimentos e recursos para enfrentar “uma série de desafios, entre eles a falta de emprego, o acesso limitado ao mercado, o desmatamento e a instabilidade regional causada pelas mudanças climáticas”.

Antes da reunião virtual, López Obrador disse a jornalistas que esperava que a reunião de hoje com Kamala Harris servisse para atrair investimentos para a América Central com seu programa de reflorestamento, Semeando Vida.

Nesse sentido, adiantou que iria explicar com “detalhes suficientes” a sua proposta de exportar o referido programa de “investimento” na América Central para o plantio de árvores.

O comunicado da vice-presidência americana diz que concordaram em enfrentar desafios como o desmatamento, mas não mencionou especificamente o programa.

Da mesma forma, Sanders indicou que durante a reunião virtual, Kamala Harris e López Obrador enfatizaram a relação bilateral e a necessidade de trabalharmos juntos na recuperação da pandemia da Covid-19, na construção da “resiliência climática” e na expansão das oportunidades econômicas e da cooperação em matéria de segurança.

O comunicado acrescenta que Harris destacou o compromisso de seu país de trabalhar com o México para promover o desenvolvimento do Triângulo Norte e do sul do México, proteger os direitos dos trabalhadores de se organizarem em sindicatos e expandir as oportunidades de negócios.

A vice-presidente americana planeja visitar o México no dia 8 de junho, em uma viagem que também a levará à Guatemala.

A região vive uma forte onda migratória há meses após um ano de 2020 marcado pela pandemia, desastres naturais e a chegada do democrata Joe Biden à Casa Branca.

O número de migrantes detidos pela Patrulha de Fronteiras dos EUA vem crescendo há meses, saltando de 101.028 em fevereiro para 172.131 em março, seu maior nível mensal em duas décadas.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Biden: EUA ainda estão saindo do "colapso econômico" da Covid
2 Negociações com Irã por acordo nuclear têm tido progressos
3 EUA apoiam solução "integral e negociada" para crise na Venezuela
4 EUA devem enviar vacinas ao Brasil em breve, diz Bolsonaro
5 EUA vão apoiar proposta de suspender patentes de vacinas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.