Leia também:
X Biden promete usar seu poder para garantir direito ao aborto

EUA colocam 8.500 soldados em alerta por crise na Ucrânia

Militares fariam parte da tropa enviada pela Otan ao país

Pleno.News - 24/01/2022 18h49 | atualizado em 25/01/2022 09h59

Presidente Joe Biden colocou militares em alerta por conta de crise na Ucrânia Foto: Divulgação/US Air Force/Master Sgt. Cecilio Ricardo

O Pentágono determinou que 8.500 militares dos Estados Unidos fiquem de prontidão para eventual envio ao Leste Europeu, em meio a tensões por causa da presença da Rússia perto da fronteira da Ucrânia. O fato representa uma escalada na direção do envolvimento militar americano, segundo funcionários dos EUA. As fontes disseram que as “ordens de se preparar para envio” foram emitidas para tropas sediadas em várias bases dos EUA.

– O número de efetivos que o ministro (da Defesa) pôs em alerta elevado chega a 8.500 homens – disse o porta-voz do Pentágono, John Kirby.

Ele destacou ainda que “não foi tomada nenhuma decisão sobre um deslocamento de forças fora dos Estados Unidos no momento”. Mas “está muito claro” que os russos “não têm a intenção atualmente de reduzir a escalada”, complementou.

O Pentágono não informou em quais circunstâncias pode enviar tropas, mas funcionários afirmaram que isso poderia enviar um sinal à Rússia de que os EUA reforçariam rapidamente as defesas dos aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), caso ocorra uma incursão russa na Ucrânia.

As tropas poderiam também ficar a postos caso os EUA decidam retirar dezenas de milhares de americanos que atualmente vivem na Ucrânia, disseram as fontes.

As forças não serão autorizadas a entrar na Ucrânia, conforme disseram os funcionários americanos, mas poderiam ser usadas como apoio para qualquer contingência. Muitas delas precisam estar preparadas para se mobilizar dentro de 18 a 36 horas, segundo eles.

*Com informações da AE

Leia também1 Biden promete usar seu poder para garantir direito ao aborto
2 Johnson alerta para risco de conflito 'sangrento' na Ucrânia
3 Tensão na Ucrânia: Otan envia navios e jatos ao Leste Europeu
4 EUA esvaziam embaixada na Ucrânia e orientam saída do país
5 Espanha envia navios de guerra para defender Ucrânia da Rússia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.