Leia também:
X China registra primeiro caso de gripe aviária H3N8 em humanos

Epidemiologista diz que EUA saíram da fase de pandemia

Anthony Fauci deu declarações nesta quarta-feira

Pleno.News - 27/04/2022 15h20 | atualizado em 27/04/2022 16h19

Dr. Anthony Fauci Foto: EFE/EPA/Al Drago/Archivo

Nesta quarta-feira (27), o epidemiologista-chefe da Casa Branca, Anthony Fauci, afirmou que os Estados Unidos saíram da fase de pandemia da Covid-19. Segundo ele, o país está registrando baixos níveis de infecções, mortes e internações.

– Certamente estamos agora neste país fora da fase de pandemia, ou seja, não temos 900.000 novas infecções diárias e dezenas e dezenas de milhares de internações e milhares de mortes. Estamos em um nível baixo agora – falou.

Ele deu declarações durante uma entrevista à emissora de televisão CBS.

Apesar de considerar que o país está fora da fase de pandemia, Fauci ressaltou que não acredita que o coronavírus será erradicado.

– O que podemos manter é um nível muito baixo e vacinar as pessoas de forma intermitente, não sei com que frequência, poderia ser todo ano, ou até mais tempo para manter o nível baixo, mas agora não estamos na fase de pandemia no país – reiterou.

No entanto, o epidemiologista salientou que, se a situação mundial for observada, “não há dúvidas de que a pandemia continua”. Ele afirmou que ainda há contágios muito rápidos e de forma ampla em diferentes partes do mundo.

Segundo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), os novos casos diários de Covid-19 nos EUA não ultrapassaram 60 mil em abril, após o pico do último mês de janeiro, causado pela variante Ômicron. Na época, eram registradas milhões de novas infecções por dia.

Da mesma forma, o número de mortes pela doença apresenta uma tendência de queda, com menos de 500 por dia, e até mesmo com cifras abaixo de 100 em alguns dias.

Durante a entrevista, Fauci também foi questionado sobre a eficácia de um tratamento que o governo americano adotou no tratamento da Covid-19, as pílulas antivirais Paxlovid, da farmacêutica Pfizer.

O epidemiologista salientou que “é uma terapia altamente eficaz” e que em ensaios clínicos ficou demonstrado que 90% dos voluntários a quem foi administrado esse tratamento ficaram protegidos de um agravamento da doença e de acabarem hospitalizados.

Por fim, Fauci comentou que o governo tem muitas doses disponíveis. Ele destacou que existem locais onde a pessoa pode ser testada para Covid, e se o resultado for positivo, receber a Paxlovid imediatamente.

*EFE

Leia também1 Vice-presidente dos Estados Unidos testa positivo para Covid
2 Wimbledon não exigirá vacina e abre portas para Djokovic
3 Rio vai suspender exigência de passaporte vacinal da Covid-19
4 Fiocruz: Pandemia não vai acabar de um dia para o outro
5 Djokovic ganha permissão para disputar torneio em Roma

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.