Leia também:
X Ucrânia: Após mais de um mês, Rússia volta a bombardear Kiev

Emmanuel Macron é criticado por declarações sobre a Rússia

Ministro das Relações Exteriores ucraniano reagiu ao que o presidente francês afirmou

Pleno.News - 05/06/2022 15h32 | atualizado em 06/06/2022 11h56

Presidente da França, Emmanuel Macron Foto: EFE/EPA/CHRISTOPHE PETIT TESSON

Neste sábado (4), a Ucrânia se manifestou contra as declarações do presidente francês, Emmanuel Macron, que disse ser importante não “humilhar” a Rússia. O ministro das Relações Exteriores ucraniano, Dmitro Kuleba, avaliou que esse posicionamento “pode apenas humilhar a França“. As informações são da agência Reuters.

Em sua busca por manter um diálogo com o presidente russo, Vladimir Putin, desde a invasão da Ucrânia por Moscou em fevereiro, Macron tem sido criticado por alguns parceiros do leste e do Báltico, na Europa.

– Não devemos humilhar a Rússia para que, no dia em que os combates cessem, possamos construir uma rampa de saída por meios diplomáticos – disse o presidente da França, durante entrevista a jornais, no sábado.

Ele defendeu ainda que acredita que o papel de seu país é atuar como mediador.

– Estou convencido de que é papel da França ser uma potência mediadora. Acho, e disse a ele [Putin], que ele está cometendo um erro histórico e fundamental para seu povo, para si mesmo e para a história – falou Macron.

Porém, Kuleba usou as redes sociais para reagir ao que o líder francês afirmou.

– Os apelos para evitar a humilhação da Rússia podem apenas humilhar a França e todos os outros países que o exigirem. Porque é a Rússia que se humilha. É melhor nos concentrarmos em como colocar a Rússia em seu lugar. Isso trará paz e salvará vidas – apontou.

Leia também1 Guerra na Ucrânia completa 100 dias e não tem fim à vista
2 Putin fez tratamento contra um câncer em abril, diz revista
3 Lula critica Joe Biden por enviar ajuda bilionária à Ucrânia
4 Pelé escreve carta a Putin e pede o fim da guerra na Ucrânia
5 Putin se solidariza com vítimas das chuvas em Pernambuco

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.