Leia também:
X Ex-prisioneiro da Rússia era forçado a ouvir ABBA em tortura

Emerson Fittipaldi não consegue vaga no Senado da Itália

Ex-piloto disputou as eleições, mas ficou em segundo lugar

Henrique Gimenes - 26/09/2022 18h11 | atualizado em 26/09/2022 18h32

Emerson Fittipaldi Foto: EFE/Sáshenka Gutiérrez

O ex-piloto de Fórmula 1, Emerson Fittipaldi, não conseguiu se eleger para o Senado da Itália. Ele disputava a vaga destinada à America do Sul no Parlamento italiano, mas acabou ficando em segundo lugar.

O vencer foi o argentino Mario Alejandro Borghese.

Fittipaldi disputava a vaga pelo partido Fratelli d’Italia, considerado de extrema direita. A sigla foi a campeã das eleições gerais italianas, com 26% dos votos.

Após o resultado, o ex-piloto agradeceu o apoio e disse esperar uma nova Itália.

– Agradeço muitíssimo pelos mais de 90 mil votos que recebi dos oriundis do Brasil e toda a América do Sul. Também agradeço a parceria com o Lorenzato nessa campanha. Ganhamos em quase todos os países, menos na Argentina. Parabenizo o meu partido, Fratelli d’Italia, e a nossa primeira-ministra eleita, Giorgia Meloni por essa vitória histórica, que vai criar uma nova Itália. Tenho certeza que o novo governo italiano vai criar um relacionamento muito mais intenso com o Brasil. Muito obrigado, que Deus abençoe todos os governantes da nova Itália – destacou.

Leia também1 Bolsonaro ironiza missão da OEA, que vai observar as eleições
2 Bolsonaro: 'Alckmin era Opus Dei e agora canta hino socialista'
3 Lula mente ao dizer que o salário mínimo não aumenta há 5 anos
4 Ex-prisioneiro da Rússia era forçado a ouvir ABBA em tortura
5 Jair Bolsonaro confirma ida ao debate da Globo: "Sala do capeta"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.