Embaixadas dos EUA não poderão exibir bandeira LGBTI

Ordem foi dada pelo secretário de Estado, Mike Pompeo, que é cristão

Pleno.News - 11/06/2019 12h01

Mike Pompeo é cristão Foto: EFE/Michael Reynolds

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, proibiu que as embaixadas norte-americanas exibam a bandeira arco-íris em seus mastros devido ao mês do Orgulho Gay, informou nesta segunda-feira (10) o departamento de Estado.

Pompeo, que professa a fé evangélica, declarou anteriormente que considera o casamento como a união entre um homem e uma mulher. Ele ainda afirmou que respeita seus funcionários independentemente de sua orientação sexual.

– O secretário considera que no mastro (das embaixadas) deve tremular apenas a bandeira americana – esclareceu a porta-voz do departamento de Estado, Morgan Ortagus.

Ela também explicou que os diplomatas no exterior terão autorização para colocar a bandeira arco-íris em qualquer outro local no interior da embaixada em junho, considerado o mês do orgulho LGBTI pela comunidade homossexual.

LEIA TAMBÉM+ Bolsonaro pede que argentinos votem com responsabilidade
+ Bolsonaro diz que continente não quer "mais Venezuelas"
+ Itamaraty fecha embaixadas que foram criadas por Lula


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo