Leia também:
X Kanye West elogia Hitler e nega o Holocausto: “Um cara legal”

Embaixadas dos EUA e Ucrânia recebem cartas-bomba em Madri

Funcionário da Embaixada da Ucrânia ficou ferido na quarta-feira, mas já recebeu alta do hospital

Pleno.News - 02/12/2022 08h54 | atualizado em 02/12/2022 10h27

Diversos endereços na Espanha receberam cartas-bomba Foto: EFE/ Fernando Villar

O gabinete do primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, e prédios públicos em Madri, incluindo as Embaixadas dos Estados Unidos e da Ucrânia, receberam cartas-bomba entre esta quarta (30) e quinta-feira (1°), informaram autoridades espanholas.

A polícia nacional espanhola ativou seu protocolo antiterrorismo no país inteiro, o que autoriza policiais e esquadrões antibombas a fazer operações especiais de bloqueio de estradas e aeroportos, e realizar operações de busca e apreensão.

Além do gabinete de Sánchez e das sedes da diplomacia americana e ucraniana na Espanha, cartas-bomba também foram enviadas ao Ministério da Defesa espanhol, à base aérea de Torrejón de Ardoz e a uma fábrica de armamento militar em Zaragoza. Ao todo, seis dispositivos explosivos foram detectados e desativados.

Segundo o governo da Espanha, todas as correspondências foram enviadas de dentro do país e estão sendo rastreadas. A polícia ainda não apontou suspeitos. Os alvos estão ligados à Ucrânia ou expressaram apoio ao país em seu esforço de guerra contra a Rússia.

Apesar dessa constatação, o diretor do escritório de Madri do Conselho Europeu de Relações Exteriores, Ignacio Torreblanca, levantou dúvidas de que Moscou estaria por trás dos ataques. A Embaixada da Rússia em Madri condenou nesta quinta o envio das cartas-bomba.

FUNCIONÁRIO FERIDO NA EMBAIXADA DA UCRÂNIA
Na última quarta-feira (30), um funcionário da Embaixada da Ucrânia em Madri ficou levemente ferido devido à explosão de um dispositivo caseiro que estava em um envelope que chegou à representação diplomática. O dispositivo foi detonado quando o funcionário abriu a correspondência.

O envelope estava endereçado ao embaixador, mas não passou pelo scanner e foi aberto por um segurança no jardim da representação diplomática. O funcionário foi atendido em um hospital da capital espanhola, onde entrou caminhando, e recebeu alta pouco tempo depois.

*Com informações AE e EFE

Leia também1 Petrobras: BTG estima que ações podem cair 40% com Lula
2 Jornalista Oswaldo Eustáquio revela tortura dentro da prisão
3 EUA: Ator Frank Vallelonga Jr. é encontrado morto em rua
4 Deputado critica campanha Ela tem próstata: “Desserviço”
5 Lula decide que Gleisi não será ministra de seu governo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.