Leia também:
X Secretário dos EUA parabeniza Bolsonaro por acordo com Nasa

Em meio à “tensão” entre EUA e Rússia, Biden e Putin se reúnem

Encontro deve tratar de situações envolvendo os dois países, como os conflitos no Oriente Médio e a luta contra os crimes cibernéticos

Pleno.News - 16/06/2021 08h39 | atualizado em 16/06/2021 09h31

Biden e Putin
Joe Biden, presidente dos EUA, e Vladmir Putin, presidente da Rússia Foto: Arte/Pleno.News

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, chegou nesta quarta-feira (16) a Genebra, onde se encontrará hoje com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em uma cúpula marcada por fortes tensões entre Moscou e Washington.

O avião do chefe do Kremlin pousou às 12h29 pelo horário local (7h29 de Brasília) no aeroporto Cointrin, em Genebra, de onde ele e sua comitiva seguiram para Villa La Grange, sede das negociações russo-americanas.

Durante a cúpula, proposta por Biden no último mês de abril durante uma conversa por telefone com Putin, os dois líderes abordarão praticamente todo o espectro de questões que dizem respeito a Moscou e Washington.

A pauta das negociações se concentra no estado atual e nas perspectivas de relações bilaterais, estabilidade estratégica, questões de segurança informática e luta contra o crime cibernético. Além disso, os dois mandatários tratarão de questões relacionadas à cooperação econômica, ao clima, ao Ártico e ao combate ao coronavírus.

Putin e Biden também avaliarão a situação no Oriente Médio, na Síria, na Líbia, no Afeganistão e na península coreana, além do programa nuclear iraniano. Também reservaram um espaço para tratar dos conflitos em Nagorno-Karabakh e na Ucrânia e da crise em Belarus.

O presidente dos EUA ainda quer conversar com Putin sobre direitos humanos e a perseguição da oposição russa, incluindo o líder opositor preso Alexei Navalny. Embora nem em Moscou, nem em Washington haja grandes expectativas sobre os resultados da cúpula de Genebra, o simples fato de ela acontecer já é considerado um passo adiante, dado o estado das relações russo-americanas.

*EFE

Leia também1 Joe Biden chega a Genebra para reunião com Vladimir Putin
2 Índice de brasileiros detidos na fronteira dos EUA atinge recorde
3 EUA investigam vazamentos em usina nuclear chinesa
4 Otan critica autoritarismo de países 'como Rússia e China'
5 EUA: Joe Biden diz não querer conflito com a Rússia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.