Leia também:
X Presidente eleito da Bolívia sofre ataque com dinamite, diz partido

Eleições nos EUA: Twitter segue censurando postagens de Trump

Quase 40% das publicações feitas pelo presidente dos Estados Unidos desde o início da apuração estão censuradas

Paulo Moura - 06/11/2020 09h31 | atualizado em 06/11/2020 10h50

Presidente Donald Trump teve diversas postagens censuradas Foto: EFE/Jim Lo Scalzo

Em um ato que iniciou logo após os primeiros questionamentos do presidente Donald Trump sobre ilegalidades na apuração dos votos nos Estados Unidos, o Twitter segue censurando publicações do chefe de Estado sob a alegação de que os conteúdos “são contestáveis e podem ter informações incorretas”.

Em grande parte, as mensagens contestadas pela rede social como “incorretas” são aquelas em que Trump reclama de situações envolvendo o processo de apuração. Em uma delas, por exemplo, o presidente diz que “qualquer voto que entrar no dia após as eleições não será contado”.

Postagens de Trump foram marcadas como incorretas Foto: Reprodução

Ao todo, desde o início da apuração, 12 tuítes do presidente já foram censurados pela rede social, o total representa quase 40% das 31 postagens feitas pelo líder norte-americano desde o início da contagem de votos. Ao contrário de Trump, nenhuma das 31 publicações do candidato democrata Joe Biden recebeu qualquer aviso da rede social.

Com a sinalização, a publicação em questão não é exibida ao usuário como deveria e as interações com a postagem são praticamente impedidas. Ficam liberadas apenas os retuítes, mantendo a caixa de comentários, as curtidas e o compartilhamento da publicação proibida.

Leia também1 Trump: "Na contagem de votos legais, minha vitória é clara"
2 Agência veta adoção por gays e caso vai à Suprema Corte
3 Maju Coutinho ironiza Trump e escancara parcialidade da Globo
4 EUA: Nevada terá resultado de 51 mil votos nesta sexta-feira
5 EUA: Militantes de esquerda protestam durante as eleições

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.