Leia também:
X Briga em estádio de futebol tem 125 mortos, sendo 32 crianças

Donald Trump processa CNN dos EUA por difamação

O ex-presidente dos EUA pede indenização de 475 milhões de dólares

Leiliane Lopes - 03/10/2022 21h06 | atualizado em 04/10/2022 09h30

Donald Trump discursa em Michigan (EUA) Foto: EFE/EPA/JOSE JUAREZ

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, processou a CNN, dos Estados Unidos, por difamação referente aos ataques em que ele foi chamado de termos como “racista”, “Hitler”, “lacaio russo” e outros.

Em uma ação aberta no tribunal federal em Fort Lauderdale, Flórida (EUA), os advogados estão pedindo uma indenização no valor de 475 milhões de dólares (R$ 2,4 bilhões) alegando difamação.

No processo judicial, a defesa de Trump diz que a TV manchou a imagem de seu cliente “com uma série de rótulos cada vez mais escandalosos, falsos e difamatórios de ‘racista’, ‘lacaio russo’, ‘insurrecional’ e, finalmente, ‘Hitler’”.

– Além de simplesmente destacar qualquer informação negativa sobre o autor e ignorar todas as informações positivas sobre ele, a CNN procurou usar sua enorme influência, supostamente como uma fonte de notícias “confiável”, para difamar o autor na mente de seus telespectadores e leitores para o propósito de derrotá-lo politicamente – diz o documento.

Trump diz que nos últimos meses os ataques contra ele feitos pela emissora se intensificaram por medo dele voltar a disputar as eleições presidenciais marcadas para 2024.

– Como parte de seu esforço conjunto para inclinar o equilíbrio político para a esquerda, a CNN tentou manchar o autor – diz outra parte do processo que tem 29 páginas. As provas contra a rede de TV foram anexadas ao documento.

Leia também1 Em vídeo, Trump apoia reeleição de Bolsonaro: "Líder fantástico"
2 Consulado da Rússia em NY é vandalizado com tinta vermelha
3 Templo Satânico abre processo na Justiça contra lei antiaborto
4 Biden comete gafe e pergunta por congressista que já morreu
5 Presidente coreano é flagrado xingando o Congresso dos EUA

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.