Leia também:
X Israel aprova nova aliança e põe fim ao governo Netanyahu

Desafiador, Netanyahu promete voltar logo ao poder em Israel

Ex-primeiro-ministro deixou o poder após 12 anos

Pleno.News - 13/06/2021 21h18 | atualizado em 14/06/2021 12h24

Benjamin Netanyahu deixou o poder após 12 anos Foto: EFE/Abir Sultan

Benjamin Netanyahu perdeu neste domingo (13) a chefia do governo de Israel, mas se manteve combativo, atacou o “perigoso governo de esquerda” e prometeu voltar ao poder.

– Se estamos destinados a ser a oposição, faremos isso de cabeça erguida até podermos derrubá-lo [novo governo]. Eu lhes digo hoje: não deixem seu ânimo se abater. Eu os liderarei contra este perigoso governo esquerdista. Se Deus quiser, vamos derrubá-lo mais cedo do que as pessoas pensam – declarou Netanyahu, do conservador partido Likud, em seu último discurso na Knesset, o parlamento israelense.

Mas, fora do cargo, o político de 71 anos perde a imunidade e poderá ser julgado pelas acusações de corrupção, fraude e violação de confiança, pelas quais pode ser condenado a até 10 anos de prisão. Ele nega qualquer irregularidade.

Netanyahu também ficará exposto a uma rejeição dentro do Likud, já que alguns de seus deputados também querem virar a página para a era pós-Netanyahu no partido, segundo a imprensa israelense. Mas estar na oposição é um território familiar para Netanyahu. Em meados da década de 90, ele tornou a vida muito desconfortável para o então primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin.

*Estadão com NYT e WP

Leia também1 Israel aprova nova aliança e põe fim ao governo Netanyahu
2 EUA flexibilizam recomendações de viagens a 61 países
3 Kharg, maior navio de guerra do Irã, naufraga após pegar fogo
4 China enfrenta surto e alerta para gravidade da cepa indiana
5 Olimpíada assusta cidadãos de Tóquio após aumento de mortes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.