Leia também:
X Covid: Japão confirma 1º caso no revezamento da tocha olímpica

Cúpula do Clima: Bolsonaro diz que reduzirá emissões até 2030

Presidente pediu "justa remuneração" por serviços ambientais prestados pelo Brasil

Paulo Moura - 22/04/2021 11h24 | atualizado em 22/04/2021 11h34

Bolsonaro durante discurso na Cúpula do Clima Foto: PR/Marcos Corrêa

Durante seu discurso na Cúpula do Clima, na manhã desta quinta-feira (22), o presidente da República, Jair Bolsonaro, falou sobre os compromissos climáticos do Brasil para as próximas décadas. Em sua fala, Bolsonaro prometeu reduzir a emissão de gases do país até 2030. O presidente ressaltou que o Brasil responde atualmente por menos de 3% das emissões globais.

– Nesse sentido, determinei que nossa neutralidade climática seja alcançada até 2050, antecipando em 10 anos a sinalização anterior. Entre as medidas necessárias para tanto, destaco aqui o compromisso de eliminar o desmatamento ilegal até 2030, com a plena e pronta aplicação do nosso Código Florestal. Com isso reduziremos em quase 50% nossas emissões até essa data – disse.

O presidente Jair Bolsonaro também prometeu nesta quinta-feira (22) adotar medidas que reduzam as emissões de gases e pediu “justa remuneração” por serviços ambientais prestados pelo Brasil.

– À luz de nossas responsabilidades comuns, porém diferenciadas, continuamos a colaborar com os esforços mundiais contra a mudança do clima. Somos um dos poucos países em desenvolvimento a adotar e a refirmar a NDC transversal e abrangente, com metas absolutas de redução de emissões, inclusive para 2025, de 37%, e de 40% até 2030 – afirmou.

Em outro trecho, Bolsonaro também disse que “é preciso haver justa remuneração pelos serviços ambientais prestados por nossos biomas ao planeta como forma de reconhecer o caráter econômico das atividades de conservação”.

– Coincidimos, senhor presidente, com seu chamado ao estabelecimento de compromissos ambiciosos. Nesse sentido, determinei que nossa neutralidade climática seja alcançada até 2050, antecipando em dez anos a sinalização anterior – completou o presidente brasileiro.

Leia também1 Assista agora ao presidente Jair Bolsonaro na Cúpula do Clima
2 Brasil promete vacinas contra Covid-19 a "países irmãos"
3 Governo deve autorizar redução de jornada e adiamento do FGTS
4 Band cresce com exibição da F1 e avança sobre a Globo
5 Ex-bailarina relata racismo no programa Domingão do Faustão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.