Leia também:
X Quem é Yang Wanming, atual embaixador da China no Brasil

EUA: Crianças imigrantes são “presas” em péssimas condições

Número de crianças migrantes desacompanhadas detidas triplicou nas últimas semanas

Paulo Moura - 30/03/2021 10h04 | atualizado em 30/03/2021 10h20

Crianças lotam centro de imigrantes em Donna, no Texas Foto: US Customs and Border Protection/Jaime Rodriguez Sr.

Imagens de celas das instalações da Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos repletas de crianças imigrantes desacompanhadas, em um centro destinado a adultos, causaram revolta de críticos das políticas migratórias do governo de Joe Biden. As fotos, feitas neste mês, retratam, resumidamente, o patamar dramático vivido no sistema de imigração norte-americano.

De acordo com documentos obtidos e divulgados pelo jornal The New York Times, o número de crianças migrantes desacompanhadas detidas ao longo da fronteira sul do país triplicou nas últimas semanas para mais de 3.250, enchendo instalações semelhantes àquelas das imagens registradas nos centros da Alfândega americana.

Os documentos divulgados pelo NY Times, datado do dia 8 de março, ainda apontam que 1.360 das crianças estavam detidas além das 72 horas permitidas por lei antes de uma criança ser transferida para um abrigo, o que, segundo o diário, indica uma “pressão crescente sobre o presidente Biden para lidar com o aumento número de pessoas tentando cruzar a fronteira”.

Além destes números, dados divulgados pela CNN americana apontaram que cerca de 2.600 crianças aguardavam colocação em abrigos adequados para menores, mas havia pouco mais de 500 leitos disponíveis para acomodá-los.

A agência de fronteira tem sido alvo de críticas generalizadas pelas condições horríveis em seus centros de detenção federais, nos quais as crianças são expostas a doenças, fome e superlotação. As críticas são agravadas por conta do momento de pandemia de Covid-19, que torna a situação ainda mais terrível nestes locais.

Segundo a lei americana, o governo federal é obrigado a transferir crianças desacompanhadas dentro de três dias das instalações de fronteira para abrigos administrados pelo Departamento de Saúde e Serviços Humanos, onde são mantidas até que sejam colocadas com um responsável.

Em resposta à divulgação de imagens do centro de detenção com crianças amontoadas, o governo do presidente americano Joe Biden disse que criará instalações adicionais para imigrantes. No último dia 22, a secretária de Imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, disse que o governo dos EUA está trabalhando para fornecer mais acomodações.

Leia também1 Desmatamento: EUA pressionam o Brasil e dão "prazo" até 2030
2 EUA pedem libertação de Áñez e políticos detidos na Bolívia
3 Biden convida Bolsonaro para cúpula mundial sobre clima
4 Joe Biden convidará Xi Jinping e Putin para cúpula sobre o clima
5 Biden quer aplicar 200 milhões de vacinas até o fim de abril

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.