Leia também:
X Homem aponta arma de fogo em transmissão ao vivo na TV

China doa US$ 100 mil a Cuba para reforma de hotel destruído

Verba foi entregue nesta sexta-feira

Pleno.News - 27/05/2022 21h28 | atualizado em 27/05/2022 21h30

China doa US$ 100 mil a Cuba para reforma de hotel destruído por explosão Foto: EFE/Yander Zamora

Nesta sexta-feira (27), o governo da China entregou a Cuba uma doação de 100 mil dólares (R$ 473 mil). A verba tem o propósito de apoiar a reparação dos danos causados por uma explosão acidental no Hotel Saratoga, em Havana.

– Esta ajuda é uma expressão da amizade que une povos e governos no esforço comum de construir o socialismo – disse o embaixador chinês na capital cubana, Ma Hui, segundo informou a agência estatal Prensa Latina.

No último dia 6 de maio, uma explosão, atribuída a um vazamento ocorrido quando um caminhão-tanque transferia gás liquefeito para um depósito do hotel, destruiu a maior parte do emblemático edifício localizado no centro histórico de Havana.

A catástrofe, que deixou 46 mortos e quase uma centena de feridos, também causou danos em pelo menos 17 prédios vizinhos, alguns deles residenciais e outros como o centenário Teatro Martí, inaugurado em 1884, além de uma igreja batista.

Ao anunciar a doação, o diplomata chinês manifestou “admiração” pelo trabalho realizado no resgate das vítimas da explosão.

Por sua vez, a vice-ministra de Comércio Exterior e Investimentos Estrangeiros de Cuba, Déborah Rivas, considerou a ajuda chinesa “importante e oportuna”.

Além disso, ela recordou os recursos disponibilizados pela China à ilha para auxiliar no combate à pandemia de Covid-19, como os envios de mais de 100 toneladas de ventiladores pulmonares, concentradores de oxigênio, material médico, medicamentos, equipamentos de proteção, kits de antígenos e arroz.

A vice-ministra e o embaixador da nação asiática também assinaram um certificado de aceitação de uma doação chinesa de 5 mil sistemas solares fotovoltaicos e 25 mil tubos de LED, destinados a residências localizadas em áreas de difícil acesso ao serviço de eletricidade.

Cuba e China, lideradas por partidos de ideologia comunista, mantêm relações estreitas nas quais o país asiático se destaca como um dos principais aliados, segundo maior parceiro comercial da ilha caribenha e colaborador em diversos projetos de cooperação na área de tecnologia, educação e biotecnologia.

*EFE

Leia também1 Covid: China tem cenário mais difícil que no início, diz premiê
2 Soros diz que Putin deve ser derrotado para salvar civilização
3 Rússia e China fazem exercício militar em visita de Biden à Ásia
4 Biden: Se China invadir Taiwan, EUA irão interferir militarmente
5 Número de mortos por explosão em hotel de Cuba sobe para 30

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.