Leia também:
X Por falta de liquidez, Cuba deixa de vender moedas estrangeiras

China acusa EUA de enviar navio de guerra ilegal para suas águas

País comunista disse ainda que "expulsou" embarcação norte-americana

Gabriela Doria - 20/05/2021 15h13 | atualizado em 20/05/2021 16h27

Navio de guerra dos EUA entrou ilegalmente em águas chinesas, acusa Pequim Foto: Reprodução

O governo da China informou, nesta quinta-feira (20), que as forças militares expulsaram um navio de guerra dos Estados Unidos que entrou ilegalmente em suas águas territoriais, no Mar do Sul da China. Os norte-americanos negam a acusação.

De acordo com um comunicado dos militares chineses, o Comando do Teatro Sul afirmou que a embarcação USS Curtis Wilbur entrou sem aviso em águas chinesas perto das ilhas Paracel. Navios e aviões do país comunista seguiram a embarcação norte-americana e a “expulsaram”.

A documento também repreendeu a ação norte-americana, afirmando que houve violação da soberania chinesa e que a atitude prejudicava a paz e a estabilidade regional.

A Marinha dos EUA, por sua vez, negou ter violado os tratados internacionais e disse que o navio “afirmou direitos e liberdades de navegação”, previstos em uma convenção das Nações Unidas, estando próximo das ilhas Paracel, território cuja soberania é reivindicada por China, Taiwan e Vietnã.

Os EUA também disseram que não tiveram seu navio “expulso” pelas autoridades chinesas.

– O USS Curtis Wilbur não foi “expulso” do território de nenhuma nação. O USS Curtis Wilbur conduziu esta Operação de Liberdade de Navegação de acordo com o direito internacional e depois continuou a conduzir as operações normais em águas internacionais – afirmou.

O Mar da China Meridional é um dos pontos sensíveis na diplomacia entre China e Estados Unidos. Isto porque a nação norte-americana rejeita as reivindicações territoriais ilegais de Pequim em águas com imenso potencial econômico.

Leia também1 Por falta de liquidez, Cuba deixa de vender moedas estrangeiras
2 Cientistas criam antiviral que reduz o Coronavírus em 99,9%
3 Coronavírus: Índia pede que não chamem variante de 'indiana'
4 Iceberg três vezes maior que o Rio se separa da Antártica
5 Gaza: Israel e Hamas confirmam negociações sobre cessar-fogo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.