Leia também:
X Zelensky diz que está disposto a discutir exigências da Rússia

Chanceler se diz preocupado com critério de sanções à Rússia

Ministro Carlos França manifestou preocupação com o que chamou de "caráter seletivo" das medidas contra os russos

Pleno.News - 08/03/2022 15h37 | atualizado em 08/03/2022 16h12

Ministro de Relações Exteriores, Carlos França, e o presidente Jair Bolsonaro Foto: Marcos Corrêa/PR

O ministro das Relações Exteriores, Carlos França, manifestou nesta terça-feira (8), em Lisboa, sua preocupação com “o caráter seletivo” das sanções aplicadas à Rússia no contexto da guerra na Ucrânia. A declaração ocorreu durante uma entrevista coletiva conjunta com o ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva.

– Expulsam o Banco Central da Rússia do Banco de Compensações Internacionais (BIS), mas mantêm dentro do BIS uma câmara de compensação que permite o pagamento da energia que é fornecida pela Rússia à Europa – questionou França.

O chanceler ressaltou também a preocupação com a possibilidade de os Estados Unidos importarem petróleo da Venezuela “ao mesmo tempo em que bloqueiam os negócios de fertilizantes do Brasil com países como o Irã”. Na entrevista, França também alegou que o Brasil está “do lado da paz” e da construção do “consenso” e defendeu “encontrar uma saída, e não apontar o dedo para o culpado”.

– O Brasil representa o direito internacional, a resolução pacífica de disputas e, neste caso, a integridade territorial dos Estados soberanos – acrescentou.

Na visita oficial a Portugal, Carlos França também depositou o instrumento de ratificação do Acordo de Mobilidade da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) na sede da organização, em Lisboa, tornando o Brasil o sexto país a concluir o processo de adesão a esse pacto.

*EFE

Leia também1 Zelensky diz que está disposto a discutir exigências da Rússia
2 Após áudios, Podemos anuncia desfiliação de Arthur do Val
3 Zelensky quer que Rússia seja reconhecida como 'terrorista'
4 Arthur do Val sobre Alesp: “Vou ser cassado em três dias”
5 Bolsonaro exalta governo: 'O que mais prendeu machão agressor'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.