Leia também:
X Kátia Abreu defende China: “Temos muito a aprender com eles”

Porta-voz diz que Brasil segue como aliado de Washington

Kristina Rosales, do Departamento de Estado americano, destacou que "os dois países irão trabalhar juntos"

Ana Luiza Menezes - 12/02/2021 19h42 | atualizado em 12/02/2021 19h46

Casa Branca, residência oficial do presidente dos EUA Foto: Pixabay

Em entrevista à BBC News Brasil, porta-voz do Departamento de Estado americano para a América Latina, Kristina Rosales, disse que o novo governo dos Estados Unidos não terá uma terá uma política externa “agressiva” em relação ao Brasil. Ela destacou ainda que o país continua sendo considerado um aliado de Washington em âmbito internacional.

Rosales afirmou que “os EUA e Brasil têm uma parceria já de mais de dois séculos, que é bem vibrante e com muitos valores e interesses compartilhados”. Segundo a porta-voz, “as administrações podem mudar, e a relação fica intacta, já que há vários compromissos entre os dois países”.

– Conforme vão mudando os governos de um país ou de outro, vai haver uma mudança de prioridades. É normal. Mas isso não significa que porque o governo e as prioridades mudaram, a relação com o país, que tem um governo com prioridades distintas, vai ser completamente destruída ou que vai mudar de forma a não haver mais possibilidade de aliança, de amizade histórica entre Estados Unidos e Brasil – declarou ela.

Kristina disse saber “que os dois países irão trabalhar juntos”.

Na quinta-feira (11), o chanceler brasileiro Ernesto Araújo sinalizou, no Twitter, que teve uma conversa produtiva com o secretário de Estado americano Tony Blinken.

– Tive hoje longa e produtiva conversa com o Secretário de Estado Antony Blinken. Agenda 100% positiva. Ficou claro que há excelente disposição e amplas oportunidades para continuarmos construindo uma parceria profunda entre o Brasil e os Estados Unidos – escreveu Araújo.

Também na quinta, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro afirmou que acredita na manutenção de acordos de parceria feitos na gestão de Donald Trump. A declaração foi dada após evento de entrega de títulos de propriedade em Alcântara, no Maranhão.

– Eles [os norte-americanos] são realmente voltados para o interesse de sua nação. Muda governo; pouca coisa muda. Acredito que todos os acordos que assinamos com o governo Trump serão mantidos com o governo Biden – disse Bolsonaro.

Leia também1 Bolsonaro acredita que Biden irá manter acordos de Trump
2 Biden sobre chineses: 'Se não nos mexermos, eles vão nos superar'
3 Joe Biden exige renúncia de militares de Mianmar
4 Grupo esquerdista sugere que EUA façam 'CPI da Amazônia'
5 "Relação com Brasil continua forte", diz diplomata dos EUA

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.