Leia também:
X Fernández e Cristina Kirchner vencem eleição na Argentina

Bolsonaro lamenta eleição na Argentina: “Escolheram mal”

Presidente afirmou que não pretende fazer contato com Alberto Fernández

Paulo Moura - 28/10/2019 07h37 | atualizado em 28/10/2019 07h43

Bolsonaro fala à imprensa nos Emirados Árabes Foto: PR/Clauber Cleber Caetano

O presidente Jair Bolsonaro comentou, na noite neste domingo (27), o resultado da eleição presidencial da Argentina que elegeu o candidato peronista Alberto Fernández, que tem como vice, a ex-presidente do país, Cristina Kirchner. Na ocasião, o mandatário brasileiro lamentou a decisão do pleito.

– A Argentina escolheu mal. Primeiro, foi o tal do Lula Livre, dizendo que ele [Lula] está preso injustamente. Ou seja, disse a que veio – afirmou.

Quando questionado se faria contato com o presidente eleito, Bolsonaro afirmou que, no momento, não pretende fazer qualquer ligação para Fernández e que as relações entre os dois serão estabelecidas ao longo do tempo.

– Não pretendo parabenizá-lo, não vamos nos indispor. Vamos esperar o tempo para ver a posição real dele na política. Por enquanto, continua tudo bem no Mercosul. Ele disse há algum tempo que sairia do Mercosul, ao visitar Lula em Curitiba. Agora, vamos ver o banho de realidade que ele vai ter – disse.

Bolsonaro também falou sobre as relações econômicas entre os dois países e o que pode acontecer com os acordos definidos. Para o chefe do executivo brasileiro, o próximo passo é esperar os novos rumos políticos na América do Sul, como a eleição do Uruguai, antes de tomar alguma decisão.

– Se interferir [no Mercosul], segundo o Paulo Guedes, nós, não digo que sairemos do Mercosul, mas podemos juntar ali com o Paraguai. Não sei o que vai acontecer na eleição do Uruguai, mas decidimos se a Argentina fere alguma cláusula do acordo ou não. Se ferir, podemos afastar a Argentina. A gente espera que nada disso seja necessário fazer. Espero que Argentina não queira, na questão comercial, mudar seu rumo – concluiu.

Leia também1 Fernández e Cristina Kirchner vencem eleição na Argentina
2 Evo Morales desafia Brasil a provar fraude eleitoral
3 Situação política da América Latina preocupa Bolsonaro

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.