Leia também:
X Suspeito de canibalismo é preso com 3,7 mil pedaços de ossos

Biden reforça apoio à Otan para enfrentar Rússia e China

"Se não existisse [a Otan], teríamos que inventar uma", disse o democrata

Pleno.News - 14/06/2021 13h01 | atualizado em 14/06/2021 13h36

Joe Biden, presidente dos EUA Foto: EFE / EPA / FRANCOIS WALSCHAERTS / POOL

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, reforçou nesta segunda-feira (14), o compromisso do país com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), antes do início da cúpula da aliança militar, em Bruxelas, na Bélgica.

Durante encontro com o secretário-geral da Organização, Jens Stoltenberg, o democrata defendeu aumento de investimentos na defesa internacional, com objetivo de fazer frente ao avanço da Rússia e da China.

– Quero deixar claro: a Otan é extremamente importante para os interesses dos EUA em si. Se não existisse, teríamos que inventar uma – disse Biden, reiterando que dez países já cumpriram as metas de aumento nas despesas com a Otan.

O presidente americano disse ainda que, nos últimos anos, o grupo enfrenta uma série de desafios.

– Temos a Rússia, que não está agindo de maneira consistente com o que esperávamos, assim como a China – destacou.

O alinhamento de Biden com a Otan se opõe ao seu antecessor, Donald Trump, que era crítico quanto à dimensão dos gastos norte-americanos com a Organização.

*Estadão

 

Leia também1 Putin reclama de acusações dos EUA sobre ataques cibernéticos
2 Espanha apreende 800 quilos de cocaína em abacaxis do Brasil
3 China critica G7 por declaração conjunta "difamatória"
4 Biden quer apertar controle de compra de armas nos EUA
5 Antes de encontro com Biden, Putin elogia Donald Trump

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.