Leia também:
X França: Ex-diretor de agência de modelos é acusado de estupro

Biden e Trump fazem nesta terça o 1º debate das eleições nos EUA

Debate tem duração prevista de 90 minutos

Pleno.News - 28/09/2020 20h24 | atualizado em 28/09/2020 20h36

Biden e Trump fazem nesta terça o 1º debate das eleições presidenciais nos EUA Foto: Reprodução e EFE/EPA/Ken Cedeno/POOL

A 35 dias das eleições americanas, o presidente Donald Trump e seu adversário, o ex-vice-presidente Joe Biden se enfrentarão nesta terça-feira (29), a partir das 22h (de Brasília) no primeiro debate da disputa eleitoral.

O democrata lidera a corrida com 50,1% das intenções de voto contra 43,2% de Trump, segundo o site FiveThirtyEight, mas o resultado da noite pode definir as próximas semanas da campanha, principalmente nos chamados estados pêndulo, nos quais os eleitores ora votam em republicanos, ora em democratas.

Na eleição de 2016, Trump venceu em Ohio, onde acontecerá o evento. Sondagens mostram Biden à frente nesse estado do Meio-Oeste dos EUA, que é o sétimo em número de votos no Colégio Eleitoral.

REGRAS
O debate tem duração prevista de 90 minutos e se concentrará em seis tópicos: Os históricos de Trump e Biden, A Suprema Corte, Covid-19, A economia, Raça e violência em nossas cidades e A integridade da eleição.

Cada segmento terá cerca de 15 minutos e os candidatos terão 2 minutos para responder após o moderador, Chris Wallace, da Fox News, abrir cada quadro com uma pergunta. Na sequência, a discussão é aberta e os dois candidatos se revezam para falar.

A emissora conservadora geralmente faz uma cobertura favorável de Trump. Wallace, no entanto, é reconhecido por seu profissionalismo e entrevistas incisivas. Visto como uma voz moderada dentro do canal, ele foi elogiado por seu desempenho à frente do terceiro debate entre a democrata Hillary Clinton e Trump, em 2016. O jornalista, que é filiado ao Partido Democrata, afirmou que não fará nenhum tipo de checagem de fatos durante o evento.

Por causa das regras de distanciamento social, menos de cem pessoas são esperadas no evento.

Veja abaixo onde assistir ao debate no Brasil.

CNN BRASIL
A exibição do debate acontecerá pela TV, pelo site e pelo canal da CNN Brasil no YouTube, a partir das 22h de Brasília, e contará com tradução simultânea para o português.

Rafael Colombo, âncora do programa CNN Novo Dia e o repórter e comentarista Lourival Sant’Anna apresentarão a transmissão, que terá participação de Fernanda Magnotta, coordenadora do curso de Relações Internacionais da Fundação Armando Alvares Penteado (Faap) e especialista em política dos Estados Unidos.

Repórteres da CNN Brasil nas principais cidades americanas acompanharão os desdobramentos e a repercussão do debate.

Após o evento, o jornalista Sidney Rezende e o comentarista Caio Coppolla debatem sobre os principais temas abordados pelos candidatos.

UOL
Em parceria com a CNN Brasil, o site também transmitirá o debate com tradução simultânea em sua homepage e também em seus canais no YouTube, Facebook e Twitter.
Após o evento, os jornalistas Kennedy Alencar e Vicente Toledo analisam o debate em suas colunas no UOL.

GloboNews
A transmissão terá os comentários e análises de Marcelo Lins, do colunista da Folha de S.Paulo Demétrio Magnoli e dos correspondentes nos Estados Unidos Sandra Coutinho e Guga Chacra.

BandNews
Eduardo Castro, editor de notícias internacionais da emissora, apresenta o debate na emissora a partir das 22h. O evento terá tradução simultânea para o português e participação de especialistas em relações internacionais.

*Folhapress

Leia também1 Em texto, Mike Pompeo denuncia perseguição religiosa na China
2 EUA alerta Iraque que se prepara para fechar embaixada
3 Trump anuncia distribuição de 150 milhões de testes de Covid
4 Juiz contraria Trump e mantém TikTok disponível nos EUA
5 Trump quer que Biden faça teste antidoping antes de debate

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.