Leia também:
X Idosa é agredida por homem de 39 anos e o manda pro hospital

Argentina registra déficit de US$ 193,8 milhões em fevereiro

País havia fechado 2020 com déficit fiscal primário de cerca de 18,087 bilhões de dólares

Pleno.News - 22/03/2021 17h49 | atualizado em 22/03/2021 17h56

Argentina registra déficit fiscal de US$ 193,8 milhões em fevereiro Foto: Pixabay

A Argentina registrou, em fevereiro, um déficit fiscal primário de 18,757 bilhões de pesos (193,8 milhões de dólares ou R$ 1 bilhão), o que significa uma redução de 31,7% em comparação ao resultado negativo de fevereiro de 2020 (27,497 bilhões de pesos, ou 284,2 milhões de dólares, valor que equivale a R$ 1.564 bilhão).

Conforme informou o Ministério da Economia nesta segunda-feira (22), o pagamento dos juros da dívida pública foi no segundo mês do ano de 45,559 bilhões de pesos (470,8 milhões de dólares). Com isso, o resultado financeiro do mês passado foi um déficit de 64,317 bilhões de pesos (664,7 milhões de dólares ou R$ 3 trilhões).

Em comunicado, o Ministério disse que “a dinâmica fiscal de fevereiro mostrou um caminho compatível com os objetivos buscados pelo governo nacional”.

– Em primeiro lugar, a expansão dos gastos primários, com maior incidência de gastos de capital, consolida-se como um fator que melhorará a recuperação da atividade econômica – afirma o texto.

Ao mesmo tempo, de acordo com as autoridades argentinas, “a melhoria significativa nas receitas está permitindo fortalecer progressivamente a sustentabilidade das finanças públicas”.

A Argentina havia fechado 2020 com um déficit fiscal primário de 1,749,957 trilhões de pesos (cerca de 18,087 bilhões de dólares ou R$ 99 bilhões), o equivalente a 6,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Aborto na Argentina: Justiça de província torna inconstitucional
2 Argentina recebe mais 330 mil doses da vacina russa Sputnik V
3 Chanceleres da Argentina e do Brasil debatem sobre Mercosul
4 Veículo que levava presidente da Argentina é apedrejado
5 Mercosul cobra dos EUA mais atenção e ajuda com vacinas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.