Leia também:
X Eduardo fala contra a entrada da Bolívia para o Mercosul

Argentina pede ao FMI revisão dos vencimentos de dívida

Medida tem como objetivo aliviar a atual turbulência no mercado cambial

Ana Luiza Menezes - 28/08/2019 19h53

Presidente da Argentina, Maurício Macri Foto: EFE/Elvis Gonzalez

A Argentina anunciou nesta quarta-feira (28) que pediu ao Fundo Monetário Internacional (FMI) a revisão dos vencimentos de sua dívida de 56 bilhões de dólares (R$ 233 bilhões), que começam em 2021. Segundo o ministro da Fazenda, Hernán Lacunza, a medida tem como objetivo aliviar a atual turbulência no mercado cambial argentino.

Ainda conforme Lacunza, as negociações podem começar na gestão do atual presidente, Mauricio Macri, mas teriam que ser concluídas no próximo governo, que começa em 10 de dezembro.

O primeiro turno das eleições argentinas ocorre em 27 de outubro. Para que um vencedor seja anunciado já nesta data, é preciso que ele tenha 45% dos votos -ou 40%, desde que com uma diferença de 10 pontos em relação ao segundo colocado. Se nenhum dos dois requisitos for atingido, é realizado um segundo turno, em novembro. O resultado das eleições primárias foi uma vitória de Alberto Fernández (47%) contra Macri (32%).

O país passa por uma situação financeira complicada. Uma delegação do FMI visitou a Argentina nesta semana e se reuniu com autoridades do governo e também com Fernández e seus assessores.

*Folhapress

Leia também1 Eduardo fala contra a entrada da Bolívia para o Mercosul
2 'Macron é de esquerda e eu de centro-direita', diz Bolsonaro
3 Chile diz que Brasil é soberano sobre floresta amazônica

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.