Aprovação de Trump dispara e bate recorde desde a eleição

47% dos norte-americanos aprovam o governo do republicano

Pleno.News - 08/07/2019 09h15

Donald Trump alcança maior popularidade desde o início do mandato Foto: EFE/Al Drago

O índice de aprovação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, subiu para 47%, o mais alto desde que chegou à Casa Branca. A pesquisa foi divulgada neste domingo (7)pelo jornal The Washington Post e a emissora ABC.

O levantamento mostra que 47% dos americanos aprovam o trabalho de Trump na Casa Branca, o que representa um aumento em relação a abril, quando o índice era de 42%. Apesar disso, a pesquisa revela também que metade dos eleitores registrados (50%) desaprovam a forma de governar do presidente.

Além disso, 65% dos entrevistados consideram que Trump atua de maneira imprópria para um presidente. Apenas 28% afirmam o contrário, e acreditam que ele se comporta de maneira “adequada e apropriada”.

Na avaliação do The Washington Post”, Trump tem um caminho relativamente tranquilo para ser reeleito presidente nas eleições de 2020.

Concretamente, a maioria dos americanos (51%) tem uma opinião positiva sobre as medidas que Trump tomou para a economia do país, que goza de boa saúde, com uma situação próxima do pleno emprego. Por outro lado, 42% rejeitam a gestão de Trump, mas este índice vem caindo desde outubro, quando eram 46%.

Ao ser perguntado sobre quanto crédito o presidente merecia pela boa saúde da economia, 47% responderam que “uma boa parte”, enquanto 48% afirmaram que “só um pouco” ou “quase nada”.

EXPANSÃO ECONÔMICA
Os Estados Unidos vivem um momento de sólida expansão econômica, com uma taxa anual de crescimento de 3,1% no primeiro trimestre de 2019, alicerçado pelo agressivo estímulo tributário lançado por Trump através do corte de impostos para empresas.

De fato, em relação à política fiscal, Trump recebeu aprovação de 42% dos americanos.

Enquanto isso, na área de política externa, entre 40% e 55% dos americanos têm uma opinião negativa sobre as decisões do presidente.

A pesquisa foi elaborada através de entrevistas telefônicas entre 28 de junho e 1º de julho, com a participação de 1.008 adultos e margem de erro de 3,5%.

*Com informações da Agência EFE

LEIA TAMBÉM+ Trump cruza fronteira entre as Coreias e encontra Kim
+ Trump: "Bolsonaro é especial e muito amado pelo seu povo"
+ EUA: Trump lança campanha para reeleição à presidência


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo