Leia também:
X Epidemiologista diz que EUA saíram da fase de pandemia

Aprovação de Boric despenca em menos de 2 meses de mandato

Resultado foi divulgado nesta terça-feira

Pleno.News - 27/04/2022 22h11 | atualizado em 28/04/2022 09h55

Gabriel Boric, presidente do Chile Foto: EFE/ Alberto Valdes

Uma sondagem do Cadem, divulgada na terça-feira (23), indicou que o presidente do Chile Gabriel Boric é reprovado por 53% da população de seu país. Ele tomou posse em 13 de março e, portanto, ainda está em sua 7ª semana de mandato.

Antes, Boric tinha aprovação de 50% e rejeição de 20%. No entanto, o novo resultado apontou a maior deterioração de popularidade recente na história do Chile. As informações são do Poder360.

O atual presidente chileno tem 35 anos. Ele chegou ao posto após vencer o candidato de direita, José Antonio Kast por 55,9% a 44,1% dos votos.

A queda na aprovação de Boric chama a atenção em uma comparação com seus antecessores.

A ex-presidente Michelle Bachelet, que agora ocupa o cargo de alta comissária da ONU, governou o Chile de 2006 a 2010 e de 2014 a 2018. Ela tinha 53% de aprovação no mesmo período do atual governo de Boric.

Já Sebastián Piñera, que governou de 2010 a 2014 e de 2018 a 2022, tinha rejeição de 23% quando cumpriu seis semanas de mandato.

Um dos fatores que ajudam a desgastar a imagem de Boric é a alta inflação de 9,4% anual registrada em março. O número representa um recorde dos últimos 13 anos no Chile.

Leia também1 Epidemiologista diz que EUA saíram da fase de pandemia
2 China registra primeiro caso de gripe aviária H3N8 em humanos
3 ONU: Humanidade está em uma "espiral de autodestruição"
4 Saiba quem é Elon Musk e como ele ficou bilionário
5 Elon Musk confirma compra do Twitter por 44 bilhões de dólares

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.