Leia também:
X Macaco liga para emergência, e polícia vai até o zoológico

Amigo de Lula, Ortega prende padres e fecha rádios católicas

Governo da Nicarágua tem promovido uma forte repressão contra a Igreja Católica

Paulo Moura - 17/08/2022 13h58 | atualizado em 17/08/2022 14h54

Lula e Daniel Ortega Foto: ABr/Roosewelt Pinheiro

Amigo de longa data do ex-presidente Lula (PT), Daniel Ortega tem promovido uma forte repressão contra a Igreja Católica na Nicarágua, país governado por ele. Fechamento de estações de rádio católicas, proibição de procissões religiosas, prisão de um padre e até a manutenção de um bispo em prisão domiciliar são alguns dos exemplos do que é vivenciado no país da América Central.

No último domingo (14), o padre católico Oscar Benavidez foi detido após celebrar uma missa. A informação foi divulgada em uma nota emitida pela Diocese de Siuna, no norte da Nicarágua. A representação religiosa disse não saber as causas ou motivos da prisão.

– Esperamos que as autoridades nos mantenham informados – disse o comunicado da diocese.

Fontes citadas pelo Centro Nicaraguense de Direitos Humanos (Cenidh) dizem que o padre foi retirado de seu veículo e levado por uma patrulha com destino incerto. Já o portal de notícias argentino Infobae declarou que o padre teria sido levado à prisão de El Chipote, em Manágua, denunciada por ativistas de direitos humanos como um centro de tortura.

Além da prisão, o governo fechou estações de rádio católicas e proibiu procissões religiosas. As relações entre a igreja e o governo nicaraguense se complicaram desde uma violenta repressão sobre protestos contrários a Ortega realizados em 2018. Nos últimos meses, porém, a situação piorou.

O bispo de Matagalpa, Rolando Alvárez, que é crítico do governo de Ortega, está em prisão domiciliar há mais de dez dias e é investigado pelo governo por suposta conspiração. Procurados pela agência Reuters, o governo e a polícia do país não responderam a um pedido de comentários sobre as prisões.

AMIGO DE ORTEGA, LULA NEGA QUE PERSEGUIRÁ IGREJAS
Ao longo de sua trajetória política, Lula nunca fez questão de esconder que é amigo de longa data de Daniel Ortega, algo que ele chegou a ressaltar, inclusive, durante um discurso feito na Nicarágua em 2007 enquanto ainda era presidente da República. Recentemente, o petista defendeu o controverso político e causou polêmica ao compará-lo a Angela Merkel, ex-chanceler da Alemanha.

– Temos que defender a autodeterminação dos povos. Sabe, eu não posso ficar torcendo. Por que Angela Merkel pode ficar 16 anos no poder e Daniel Ortega não? – questionou ele em entrevista concedida ao jornal El País em novembro do ano passado.

No Brasil, ele nega que vá adotar uma postura de perseguição a igrejas, como faz o amigo nicaraguense. Após rumores sobre o assunto serem levantados, o PT divulgou em seus grupos uma arte na qual diz que o petista é “cristão e governa para todos”.

– O bolsonarismo volta a mentir para espalhar o terror entre as pessoas de fé. Lula é cristão. Como presidente, sancionou a liberdade religiosa [em 2003], nunca fechou e nunca fechará igrejas. Ele sabe que um presidente deve respeitar as pessoas – completa a sigla.

Leia também1 Clube em SP do qual Moraes é sócio nega homenagem a ele
2 Morre militar que combateu a Guerrilha do Araguaia
3 Criminosos morrem durante confronto com a PRF, no RJ
4 Ex de Karina Bacchi desabafa sobre desistência de paternidade
5 Macaco liga para emergência, e polícia vai até o zoológico

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.