Leia também:
X Cientistas se preocupam com o nível da “Geleira do Apocalipse”

Aliado de Lula, ditador Ortega proíbe procissões de Páscoa

Ele classificou a Igreja Católica como "uma máfia organizada" e antidemocrática

Marcos Melo - 25/02/2023 11h26 | atualizado em 27/02/2023 11h48

Lula e o ditador Daniel Ortega Foto: Fernando Bizerra Jr/EFE

Amigo e aliado político de Lula (PT), o ditador da Nicarágua, Daniel Ortega, proibiu a Igreja Católica da Nicarágua de celebrar as procissões de rua durante o período religioso da Quaresma e Semana Santa.

Ele classificou a Igreja Católica como “uma máfia organizada” e acusou a instituição de ser antidemocrática por não permitir que católicos elejam o papa, cardeais, bispos e padres por meio do voto direto.

O papa Francisco, em 12 de fevereiro, lamentou a prisão do bispo Rolando Álvarez, que criticava a ditadura promovida por Ortega na Nicarágua. O religioso foi condenado a 26 anos e quatro meses de prisão por cometer crime de traição.

 

Leia também1 Nicarágua retira nacionalidade de bispo e outras 90 pessoas
2 Papa lamenta condenação de bispo opositor de Ortega
3 Nicarágua liberta mais de 200 presos políticos para serem enviados aos EUA
4 Ditador da Nicarágua chama Bolsonaro de “fascista militar”
5 Ortega expressa solidariedade a Cristina Kirchner e fala em lutas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.