Leia também:
X Jogadores brasileiros embarcam em trem para sair de Kiev

3,5 mil soldados russos morreram, diz diplomata ucraniano

De acordo com Anatoliy Tkach, outros 200 foram capturados

Henrique Gimenes - 26/02/2022 14h11

Diplomata ucraniano disse que 3,5 mil soldados russos já morreram Foto: EFE/EPA/Ministério da Defesa da Rússia

De acordo com Anatoliy Tkach, encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil, 3,5 mil soldados russos e outros 200 foram presos após a Rússia invadir a Ucrânia. Durante uma entrevista coletiva, ele explicou ainda grupos de sabotagens russos já estão em Kiev, capital ucrania.

O anúncio da “operação militar no leste da Ucrânia” foi feito pelo presidente russo, Vladimir Putin, em um discurso transmitido na televisão na madrugada de quinta-feira (24). De acordo com ele, o “objetivo é proteger as pessoas que são submetidas a abusos, genocídio de Kiev durante oito anos, e, para isso, buscaremos desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia e levar à Justiça aqueles que cometeram vários crimes sangrentos contra pessoas pacíficas, incluindo cidadãos russos”.

Anatoliy Tkach explicou que esses grupos de sabotagem entram nas cidades com diversos objetivos, um deles sendo o de cercar aeroportos para aeronaves russas poderem aterrissar.

Além disso, o encarregado também repudiou ataques contra civis cometidos pele Exército da Rússia.

Leia também1 Jogadores brasileiros embarcam em trem para sair de Kiev
2 Embaixada do Brasil indica rota de fuga para brasileiros em Kiev
3 Ucrânia: FAB deixa dois aviões prontos para resgatar brasileiros
4 Príncipe William e Kate dizem que apoiam a Ucrânia
5 Augusto Nunes: Daqui a pouco o STF vai deliberar sobre a Ucrânia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.