Leia também:
X Terremoto de magnitude 4,8 deixa vítimas na Indonésia

Polícia de Londres declara morte de parlamentar como terrorismo

David Amess foi morto a facadas em uma igreja de Essex, no Reino Unido

Monique Mello - 16/10/2021 13h23 | atualizado em 16/10/2021 13h27

David Amess foi assassinado na manhã de sexta-feira (15) Foto: Reprodução/YouTube David Amess

Autoridades policiais britânicas apontam motivação terrorista na investigação sobre o esfaqueamento mortal de David Amess, parlamentar britânico e conservador.

– A investigação inicial revelou uma motivação potencial ligada ao extremismo islâmico – diz comunicado da Polícia Metropolitana na noite desta sexta-feira (15).

Acredita-se que o homem de 25 anos que fora preso sob a suspeita de ser o autor do ataque seja um cidadão britânico de ascendência somali, de acordo com a agência nacional de notícias do Reino Unido, PA Media.

À imprensa, Ben-Julian Harrington, chefe da polícia de Essex, contou que o Comando Contra-Terrorismo do Reino Unido vai liderar a investigação do assassinato. A polícia está realizando buscas em dois endereços na área de Londres.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson declarou estar chocado com o assassinato e disse que Amess era “uma das pessoas mais gentis” na política.

Boris Johnson presta homenagem a David Amess Foto: EFE / EPA / Andrew Parsons

Amess, de 69 anos, era do Partido Conservador do Reino Unido, o mesmo de Boris Johnson. O político era o parlamentar do distrito de Southend West, na região de Essex. Ele foi eleito para o Parlamento pela primeira vez em 1983, para representar o distrito de Basildon. Ele passou a concorrer no distrito de Southend West a partir de 1997.

Em seu site, o parlamentar afirmava que seus principais interesses eram o bem-estar animal e temas ligados às campanhas pró-vida.

Sua morte se deu de forma trágica: ele fora esfaqueado diversas vezes durante um encontro com eleitores de seu distrito dentro de uma igreja.

Leia também1 Terremoto de magnitude 4,8 deixa vítimas na Indonésia
2 Cuidadora envia currículo e é humilhada por erros gramaticais
3 Fiocruz poderá fabricar remédio dos EUA promissor contra Covid
4 Globo demite jornalista que viralizou nas Olimpíadas
5 Mais uma escola condena a série Round 6: "Tortura psicológica"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.