Leia também:
X Casos globais de Covid-19 caem 17% em uma semana, diz OMS

Pescador acha pérola rara de R$ 1,8 milhão, mas acaba preso

Após viralizar nas redes e na imprensa internacional, Niyomdecha foi seguido pela polícia

Thamirys Andrade - 10/02/2021 12h45 | atualizado em 10/02/2021 13h33

perola-de-melo-laranja-é-encontrada-por-pesacdor
Joia tem o tamanho aproximado de uma moeda de 10 centavos e pesa 7,6 gramas Foto: Reprodução

Aos 37 anos, o pescador Hatchai Niyomdecha se deparou com a chance de mudar a vida de toda a sua família. Em uma praia no sul da Tailândia, ele encontrou uma ostra que abrigava uma das pérolas mais caras e raras de todo o mundo. O desfecho da história, entretanto, sofreu uma reviravolta, quando, em vez de enriquecer, Niyomdecha acabou atrás das grades.

O pescador tailandês disse que pegava conchas com sua família quando encontrou uma boia de plástico cheia de ostras. Sem saber que uma delas estava “premiada”, Niyomdecha as levou para o pai, conforme o habitual, e, em casa, a família se deparou com a pérola laranja, conhecida como Melo Melo.

Não faltaram interessados na joia de Niyomdecha, avaliada em 10 milhões de Baht tailandeses, cerca de R$ 1,8 milhão. Um comprador chinês chegou a oferecer o valor esperado pela pérola e disse estar disposto a viajar até a Tailândia e até cumprir a quarentena de duas semanas, por conta da pandemia de Covid-19.

– Quero vender a pérola pelo preço mais alto. O dinheiro não mudará apenas minha vida, mudará meu destino. Minha família inteira terá uma vida melhor – disse o pescador em entrevista ao jornal britânico Daily Mail.

PRISÃO
A história, que tinha tudo para ser feliz para Niyomdecha, acabou ganhando uma reviravolta inesperada após viralizar na internet e repercutir na imprensa internacional. A polícia de Nakhon Sri Thammarat apurou a trajetória do pescador e descobriu que se tratava de um homem procurado pelas autoridades, por porte de drogas de classe 1.

Hatchai Niyomdecha pescador que encontrou pérola melo é preso
Autoridades encontraram Niyomdecha devido à repercussão da pérola Foto: Reprodução

Após mandado de busca e apreensão, a polícia encontrou dois lotes de equipamentos para a produção de drogas, além de quantidade não especificada de metanfetamina na casa de Niyomdecha.

PÉROLA
Não se sabe com quem ficou a pérola após a detenção nem o andamento das negociações da pequena joia.

Pedras preciosas Melo Melo podem ter sua cor variando desde o laranja até o marrom e sua característica mais marcante é o padrão da superfície da pérola, que remete a chamas. Joias desse tipo são muito raras e normalmente encontradas nas regiões do mar do sul da China, Myanmar, Tailândia, Vietnã e Camboja.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.