Leia também:
X Cristo Redentor é iluminado com a bandeira do Líbano

Pastor mostra igreja destruída após explosão em Beirute

Said Deeb lamentou pela falta de informações e pelas mortes na tragédia

Rafael Ramos - 07/08/2020 10h53 | atualizado em 07/08/2020 12h05

O pastor libanês Said Deeb usou as redes sociais para relatar os efeitos da explosão que ocorreu no porto da cidade de Beirute. A igreja que ele pastoreia – a Church of God Bourj Hammoud – sofreu com o impacto da tragédia. Ele publicou fotos de como o templo ficou e agradeceu a Deus porque as pessoas haviam deixado o local dois minutos antes do ocorrido.

– A explosão eliminou o porto, as reservas alimentares e uma grande parte da cidade… Foi como uma Hiroshima Potência 2 – disse o pastor comparando a explosão em Beirute com o bombardeio na cidade do Japão.

Said também aproveitou para desmentir os boatos de que Israel teria atacado um depósito de armas do grupo político-terrorista Hezbollah. O pastor disse que por enquanto não há informações sobre o que exatamente aconteceu no local onde estaria estocada uma carga de quase 3 mil toneladas de nitrato de amônio.

– Esta foi um crença generalizada, mas até essa hora ninguém sabe exatamente como aconteceu porque todo mundo lá no porto está morto, ninguém sobrou pra dizer a verdade, então eu não culpo ninguém.

Leia também1 Cristo Redentor é iluminado com a bandeira do Líbano
2 Em carta, Líbano pede comida, remédios e dinheiro ao Brasil
3 Beirute: Vídeo mostra noiva surpreendida por explosão
4 Líbano atualiza para 135 o número de mortos em Beirute
5 Líbano: Homem é resgatado após 16h sob escombros

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.