Leia também:
X Xi Jinping diz que China ‘sempre será construtora da paz mundial’

“Pandemia acabará quando todo mundo decidir”, afirma Tedros

Diretor da OMS participou da Cúpula Mundial sobre a Saúde, em Berlim

Thamirys Andrade - 25/10/2021 11h47 | atualizado em 25/10/2021 14h31

Tedros Adhanom Foto: EFE / EPA / LAURENT GILLIERON

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, avalia que o mundo já dispõe de todas as ferramentas de que precisa contra a Covid-19 e que a pandemia cessará quando todos decidirem pôr um fim nela. A declaração foi feita durante a cerimônia de abertura da Cúpula Mundial sobre a Saúde, em Berlim, nesse domingo (24).

– A pandemia acabará quando todo mundo decidir acabar com ela. Está nas nossas mãos. Dispomos de todas as ferramentas de que precisamos para isso – assinalou Adhanom.

Tedros voltou a pedir que os países ricos distribuam as vacinas excedentes às nações que não têm condições de adquirir imunizantes.

A meta da OMS é ter 40% da população de todos os países vacinada até dezembro de 2021, e 70% dela até o fim do primeiro semestre de 2022, mas, para isso, precisa pressionar uma distribuição equitativa de vacinas.

– O objetivo é alcançável, mas só se os países e as empresas que controlam o abastecimento traduzirem suas declarações em fatos – completou o diretor da OMS.

Leia também1 Nos EUA, mulher vence a Covid após testar positivo por 335 dias
2 País chega a 51% da população com vacinação completa
3 Acordo com o MP proíbe Prevent Senior de usar 'kit Covid'
4 Médicos transplantam rim de porco para humano pela 1ª vez
5 Governo investe em 'spray anti-Covid' à base de nióbio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.