Leia também:
X Covid: OMS encontra sinais de que surto em Wuhan foi maior

Onda de frio mata mais de 20 e deixa milhões sem luz nos EUA

Nevasca tem afetado de forma intensa o país e causado muitos transtornos

Pleno.News - 17/02/2021 09h21 | atualizado em 17/02/2021 11h57

Uma nevasca, causada por uma onda de frio extremo que já dura uma semana, deixou mais de 20 mortos e milhões sem energia nas regiões sul e central dos Estados Unidos, lugares que não estão acostumados com temperaturas tão baixas. A tempestade trouxe neve, granizo, chuva congelante e interrompeu a vacinação em vários estados americanos.

As temperaturas caíram para patamares que não eram vistos em mais de um século, com -14°C, em Oklahoma City, o dia mais frio desde 1899, e -20°C em Fayetteville, no Estado de Arkansas. Algumas pessoas morreram em razão da temperatura, outras após tentativas frustradas de escapar do frio.

Em Houston, uma mulher e uma menina de 8 anos morreram intoxicadas por monóxido de carbono do carro, que foi ligado na garagem para aquecê-las. Um garoto de 10 anos morreu ao escorregar e cair em um lago em Millington, no Tennessee.

Mais de 5 milhões de americanos ficaram sem eletricidade, de acordo com o site PowerOutage.us, que agrega dados das concessionárias. A maioria das interrupções ocorreu no Texas, onde muitos locais estão sem luz desde domingo.

As interrupções de energia também causaram problemas nas estações de tratamento de água. No Texas, autoridades locais emitiram alertas à população de que era preciso ferver a água antes de consumi-la.

Milhares de pessoas no estado, de Dallas até a fronteira com o México, ficaram completamente sem água e foram obrigadas a usar neve derretida para dar descarga nos vasos sanitários.

*Estadão

Leia também1 Spray contra Covid: Bolsonaro quer enviar comitiva a Israel
2 Índia: Queda de casos de Covid espanta especialistas
3 Foguete atinge base aérea que abriga tropas dos EUA no Iraque
4 Interceptado com 1,5 tonelada de cocaína, veleiro chega ao Recife
5 Fachin: Pressão de militares ao STF é 'intolerável e inaceitável'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.