Leia também:
X Pastor é preso por dizer que orações podem curar a Covid-19

OMS: Vacinação obrigatória deve ser “último recurso absoluto”

Diretor regional do órgão defendeu imunização voluntária

Pierre Borges - 07/12/2021 12h18 | atualizado em 07/12/2021 13h10

Hans Kluge, diretor regional da OMS
Hans Kluge, diretor regional da OMS para a Europa Foto: Reprodução/YouTube/ECDC

O diretor regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Europa, Hans Kluge, fez um apelo nesta terça-feira (7) contra a adoção da vacinação de forma obrigatória pelos países. Ele defendeu que a população seja sensibilizada para receber os imunizantes contra a Covid-19 voluntariamente.

– A obrigatoriedade em relação à vacina é um último recurso absoluto e aplicável apenas quando todas as opções viáveis para melhorar as taxas de vacinação tiverem sido esgotadas – afirmou.

Preocupado com a variante Ômicron, Kluge pediu ainda uma maior proteção das crianças de 5 a 14 anos e que medidas como o uso de máscaras e a ventilação de espaços fechados sejam mantidas.

De acordo com ele, até ontem 432 casos da variante estavam confirmados na Europa, espalhados por 21 países.

Leia também1 Bebê que foi vacinada contra a Covid por engano tem convulsão
2 Sergio Moro chama governo de Bolsonaro de "muito ruim"
3 PF investiga corrupção no Enem durante gestões Dilma e Temer
4 MPF pede arquivamento do processo do Tríplex contra Lula
5 Familiares e amigos participam do velório da atriz Mila Moreira

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.