Leia também:
X Embaixador dos EUA no Brasil anuncia aposentadoria

OMS quer R$ 1,2 bilhão do Brasil para frear pandemia no mundo

Brasil figura entre países emergentes que, segundo a organização, podem colaborar

Monique Mello - 10/06/2021 17h06 | atualizado em 10/06/2021 17h35

OMS pressiona Brasil por contribuição financeira na pandemia Foto: Reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está solicitando que o governo brasileiro destine US$ 250 milhões (R$ 1,26 bilhão) a fim de fortalecer e impulsionar o combate à pandemia da Covid-19. A organização espera também que as vacinas produzidas no Brasil sejam distribuídas aos demais países da América do Sul.

Uma parcela considerável dos recursos virá de países economicamente desenvolvidos, sobretudo integrantes da cúpula do G7. No entanto, a organização considera que países emergentes – China, Índia e Brasil – também devam colaborar.

De acordo com a OMS, o Brasil é considerado essencial na iniciativa pela capacidade de produção dos imunizantes e por ser integrante do G20.

O Ministério da Saúde já sinalizou para a OMS a intenção de contribuir com a exportação de vacinas. Todavia, isso se dará apenas quando a produção nacional estiver num patamar mais elevado, e uma parcela mais significativa da população estiver imunizada.

 

Leia também1 Brasil não receberá parte das vacinas doadas pelos EUA
2 EUA e UE querem nova apuração sobre laboratório de Wuhan
3 Auditoria vê irregularidades em licitações da OMS na pandemia
4 OMS pede para Brasil avaliar os riscos de sediar a Copa América
5 EUA e Reino Unido 'se unem' em combate a pandemias futuras

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.