Leia também:
X Biden defende direito ao aborto após lei restritiva do Texas

NY: Ida deixa mortos, e prefeito declara estado de emergência

Bill de Blasio afirmou que o estado vive "evento meteorológico histórico"

Pleno.News - 02/09/2021 09h42 | atualizado em 02/09/2021 11h40

furacão ida nova york
Milhares de pessoas tiveram que deixar as casas devido às inundações Foto: EFE/EPA | Jason Szenes

As fortes chuvas que atingem o estado de Nova Iorque e o de Nova Jersey, nos Estados Unidos, deixaram ao menos nove pessoas mortas; entre elas, um menino de apenas dois anos, segundo informou nesta quinta-feira (2) a polícia.

A cidade de Nova Iorque está em situação de emergência por causa dos efeitos da tempestade e é onde foram registrados sete óbitos, nos bairros do Queens e do Brooklyn, de acordo com a emissora americana de televisão NBC.

Além disso, praticamente todas as linhas do sistema de metrô nova-iorquino precisaram ser paralisadas, devido à inundação dos trilhos.

– Estamos sofrendo um evento meteorológico histórico, com chuvas que estão batendo recordes por toda a cidade, com inundações brutais e condições perigosas nas rodovias – afirmou o prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio, em postagem nas redes sociais.

Já o prefeito de Passaic, em Nova Jersey, Héctor Lora, relatou que um idoso foi encontrado morto no interior do próprio carro. Veículos de imprensa locais indicam que há uma segunda vítima na cidade.

Milhares de pessoas tiveram que deixar as casas devido às inundações que são consequência das chuvas causadas pela passagem do furacão Ida pelos dois estados.

O fenômeno, que já foi rebaixado para tempestade tropical, entrou nos EUA pelos estados de Mississipi e de Louisiana, onde foram contabilizadas outras seis mortes.

*EFE

Leia também1 Biden defende direito ao aborto após lei restritiva do Texas
2 Entra em vigor no Texas lei mais restritiva antiaborto dos EUA
3 Aluno se fere após tiroteio em escola de ensino médio dos EUA
4 Em Londres, brasileiras tinham que fazer 20 programas por dia
5 Sem recursos, Talibã diz querer 'boas relações' com os EUA

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.