Leia também:
X Impressionante! Fuzileiro naval desarma homem e evita assalto

Nova onda da Covid faz Moscou impor quarentena total

Rússia registrou recorde de casos e mortes por Covid-19

Gabriela Doria - 21/10/2021 18h03 | atualizado em 22/10/2021 11h25

Rússia enfrenta alta nos casos de infecção e morte por Covid-19 EFE/EPA/Maxim Shipenkov

Diante de uma quarta onda de Covid-19, a cidade de Moscou, na Rússia, decidiu impor uma quarentena total entre os dias 28 de outubro e 7 de novembro. O anúncio foi feito pelo prefeito da cidade, Sergei Sobyanin, nesta quinta-feira (21).

Com o decreto, apenas farmácias e mercados poderão funcionar. Restaurantes bares terão apenas delivery e retirada. Escolas e jardins de infância serão fechados.

Esta é a primeira quarentena na capital russa desde junho de 2020, quando a pandemia alcançava seu pico em alguns países do mundo.

Entre as medidas para reduzir a circulação de pessoas está o bloqueio do cartão social de transportes de idosos e de pessoas com deficiência.

O lockdown vem acompanhado do anúncio do presidente Vladimir Putin, que decretou um feriadão em todo o país entre os dias 30 de outubro e 7 de novembro.

Leia também1 Impressionante! Fuzileiro naval desarma homem e evita assalto
2 Primeira cidade do país a liberar máscaras é barrada pela Justiça
3 Trump anuncia planos de lançar a TRUTH, sua própria rede social
4 General denuncia que Lula foi financiado pela Venezuela
5 Coreia do Norte confirma teste com míssil, e ONU faz reunião

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.