CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Sem sofrer quarentena, Suécia reabrirá escolas em junho

Nos EUA, policial que causou a morte de George Floyd é preso

Derek Chauvin foi o agente filmado com os joelhos sobre o pescoço de Floyd

Paulo Moura - 29/05/2020 15h14 | atualizado em 29/05/2020 15h15

Policial que matou George Floyd foi preso Foto: Reprodução

O policial Derek Chauvin, filmado com o joelho sobre o pescoço de George Floyd até que ele ficasse sem respirar e morresse por asfixia, foi preso nesta sexta-feira (29) na cidade de Minneapolis, onde os fatos aconteceram na última segunda-feira (25).

A informação foi divulgada pelo comissário John Harrington, do Departamento de Segurança Pública do estado de Minnesota. O episódio causou revolta na população local e criou um verdadeiro caos na cidade com diversos atos de depredação, saques de lojas e incêndio a prédios.

Chauvin atuou na força de Minneapolis por 19 anos antes de ser demitido por conta do episódio. Além dele, outros três policiais, Tou Thao, Thomas Lane e J. Alexander Kueng, envolvidos na prisão e posterior morte de George Floyd, foram demitidos. Não há informações se os outros ex-policiais também foram presos.

O CASO
A polícia de Minneapolis afirmou que a ocorrência envolvendo George Floyd iniciou por volta das 20h de segunda-feira (25), quando policiais foram chamados para averiguar um homem que estava tentando usar documentos falsos em um estabelecimento. Os policiais então encontraram Floyd, que parecia intoxicado, dentro de um veículo e ordenaram que ele saísse.

Policial manteve joelho sobre o pescoço de Floyd durante toda a abordagem Foto: Reprodução

O porta-voz da polícia, John Elder, informou que, após sair do carro, Floyd tentou resistir à abordagem policial e acabou sendo algemado. Segundo Elder, os agentes perceberam que o homem estava passando por problemas médicos.

Em vídeos publicados nas redes sociais, um policial aparece pressionando o joelho contra o pescoço de Floyd atrás de uma viatura enquanto permanece deitado de bruços no asfalto. Floyd geme repetidamente e diz que não consegue respirar.

Após cerca de cinco minutos, Floyd para de se mover e parece inconsciente. As pessoas da multidão pedem aos policiais que verifiquem o pulso de Floyd. O policial que permanece forçando o pescoço de Floyd não levanta o joelho até a equipe médica chegar, quando foi levado por uma ambulância ao hospital, onde foi confirmada a morte.

Leia também1 Repórter da CNN é preso em protesto por George Floyd
2 7 filmes que retratam como o racismo nos EUA é encarado
3 EUA: Delegacia é invadida em novos atos por morte de Floyd
4 André Valadão se revolta com morte de George Floyd
5 Caos invade cidade dos EUA após polícia matar homem

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo