Leia também:
X Rússia registra segundo medicamento contra Covid-19

Nasa: Asteroide maior que o Morumbi passou pela Terra

Objeto não oferecia risco ao planeta, segundo a agencia espacial americana

Pleno.News - 06/06/2020 19h46 | atualizado em 06/06/2020 20h39

Asteroide com quase cinco vezes o tamanho do Morumbi passou pela Terra Foto: Reprodução/Nasa

Um asteroide passou pela Terra por volta das 0h20 deste sábado (6). O 2002 NN4, como foi nomeado, tinha de cerca de 568 metros de diâmetro, o equivalente a quase cinco vezes a área total do estádio do Morumbi.

Apesar do tamanho, não havia indícios de que o 2002 NN4 pudesse colidir com o planeta, segundo a Nasa, agência espacial americana.

O asteroide passou a uma distância de 5 milhões de km da Terra, o equivalente a 13 vezes a distância entre o planeta e a Lua, que está a aproximadamente 384,4 mil km de distância.

Ele deve passar pelo planeta outras 30 vezes nas próximas décadas. No entanto, não se aproximará tanto quanto neste sábado antes de 2070.

Segundo a agência espacial americana, é comum que pequenos asteroides passem pelo planeta. Esses objetos são classificados como NEO (Objetos Próximos à Terra).

Os NEO são asteroides ou cometas que orbitam o sol. No geral, esses objetos costuma ser pequenos e não apresentam risco para o planeta. Apesar disso, o 2002 NN4 chegou a ser classificado como “potencialmente perigoso” por causa do seu tamanho.

A agência espacial, no entanto, descartou na sexta-feira (5) que houvesse risco de colisão.

Outros quatro asteroides, muito menores que o 2002 NN4, também passaram pela Terra neste sábado.

*Folhapress

Leia também1 Traje espacial da Space X foi criado por designer do cinema
2 Após 9 anos, EUA lançam nave tripulada por 2 astronautas
3 Cientistas da Nasa descobrem possível universo paralelo
4 Coronavírus está presente em lágrimas, apontam cientistas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.