Leia também:
X Presidente coreano é flagrado xingando o Congresso dos EUA

‘Não há batimentos cardíacos em bebês de 6 semanas’, diz ativista

Com essa idade gestacional, o coração do bebê bate 98 vezes por minuto

Leiliane Lopes - 23/09/2022 13h53 | atualizado em 23/09/2022 14h24

Stacey Abrans é candidata a governadora do estado da Geórgia (EUA) pelo partido Democrata Foto: Reprodução Instagram

A ativista pró-aborto Stacey Abrans, ex-deputada da Geórgia, Estados Unidos, disse que até a sexta semana de gestação os batimentos cardíacos ouvidos em exames médicos são “sons fabricados, projetados” para tirar os direitos das mulheres.

– Não existem batimentos cardíacos em seis semanas. É um som fabricado, projetado, para convencer as pessoas de que os homens têm o direito de assumir o controle do corpo de uma mulher no lugar dela – declarou ela ao responder perguntas de apoiadores durante a campanha eleitoral.

Abrans, que é do partido Democrata, quer ser eleita como governadora do estado da Geórgia. Ela disputou o mesmo cargo em 2018, mas perdeu para Brian Kemp um político Republicano que teve coragem de assinar a lei sobre o batimento cardíaco, impedindo o aborto após a sexta semana de gestação.

A fala da ex-deputada é condenada por médicos, entre eles a dra. Tara Sander Lee, pesquisadora e diretora da organização sem fins lucrativos Charlotte Lozier Institute (CLI).

– Enquanto algumas pessoas afirmam falsamente que um bebê pré-nascido com seis semanas de gestação é apenas um aglomerado de células, a ciência demonstra que o bebê já é um ser humano complexo. O coração de um bebê pré-nascido está batendo ativamente com seis semanas e já terá batido quase 16 milhões de vezes em 15 semanas. De fato, com seis semanas de gestação, a frequência cardíaca do bebê é de cerca de 98 batimentos por minuto, o que pode ser facilmente detectado por ultrassom – ensina ela em entrevista ao Daily Wire.

Leia também1 Ativista pró-aborto pede votos para Lula: "Democracia"
2 Deputada cristã é eleita como a pior para a causa feminista
3 Menina de 11 anos grávida pela 2ª vez após estupro fará aborto
4 Ciro Gomes "se esquiva" de discutir aborto em campanha
5 O que pensam Bolsonaro e Lula sobre religião, aborto e gays

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.