Leia também:
X Biden testa negativo para Covid, mas seguirá isolado

Musk sobre Twitter: Acordo pode avançar se tiver prova de contas reais

Bilionário se manifestou neste sábado

Pleno.News - 06/08/2022 17h08 | atualizado em 08/08/2022 11h37

Elon Musk Foto: EFE/EPA/JUSTIN LANE

O bilionário Elon Musk afirmou que, se o Twitter conseguir apontar seu método de amostragem de 100 contas e como confirmar que as contas são reais, o acordo de compra da empresa pode prosseguir nos termos originais. Ele deu declarações, neste sábado (6), nas redes sociais. As informações são da Reuters.

– No entanto, se os registros da SEC (órgão que regula o mercado de capitais nos EUA) forem materialmente falsos, então não deve – escreveu Musk, no Twitter.

No dia 29 de julho, Musk entrou com uma ação contra o Twitter. O processo ocorre no âmbito da disputa aberta entre as partes em relação à desistência do diretor-executivo da Tesla de comprar a rede social após anunciar a operação no final de abril.

Segundo a agência EFE, Musk entrou com a ação no tribunal de Delaware, onde o caso está sendo julgado, conforme mostram os documentos do tribunal. O julgamento entre Musk e o Twitter para resolver a disputa sobre a compra da rede social começará em 17 de outubro, a menos que ambas as partes cheguem a um acordo sobre outra data.

No início de julho, Elon Musk notificou sua intenção de cancelar a compra da rede social, que tinha sido acordada entre as duas partes por 44 bilhões de dólares. O Twitter respondeu com uma ação em um tribunal especializado em disputas comerciais para forçar o bilionário a concluir a operação.

Leia também1 Elon Musk processa Twitter após ser alvo de ação da rede social
2 Elon Musk desmente traição: "Não faço sexo há séculos"
3 Musk foi pivô do divórcio de cofundador do Google, diz jornal
4 Renan Bolsonaro: “Quem sabe não sou o próximo Elon Musk?”
5 Musk pede que tribunal não se apresse em processo do Twitter

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.