Leia também:
X Ladrão pede socorro após ser atropelado pela vítima

Multidão segue em cortejo com corpo de Maradona até cemitério

Velório foi encerrado em meio a tumultos e confusões

Pleno.News - 26/11/2020 18h46 | atualizado em 26/11/2020 19h35

O corpo do argentino Diego Maradona está sendo levado por um cortejo até o cemitério Jardín Bella Vista, a cerca de 40 quilômetros da capital argentina. O ex-camisa 10 será enterrado junto de seus pais, Diego e Dalma. O caixão está passando pelas principais avenidas de Buenos Aires.

Antes disso, o velório do craque foi marcado por tumultos do início e ao fim. Por volta das 15h30, um grupo de pessoas tentou derrubar as grades de proteção para ganhar espaço na longa fila. A polícia local respondeu com balas de borracha, gás lacrimogêneo e prisões para dispersar o tumulto.

No meio da grande aglomeração de pessoas na esquina da Avenida de Mayo com a 9 de Julho, perto da Casa Rosada, foram registradas empurrões, correria e gritos. Enquanto alguns tentavam furar a fila, a polícia reagiu e começou a dispersar o tumulto. As balas de borracha também feriram algumas pessoas, que tiveram de receber atendimento médico. Houve também o uso de caminhões hidrantes e de motos para fazer com que alguns se afastassem da região.

Alguns fãs reagiram à ação da polícia com o arremesso de garrafas e hidrantes. Diante da violência, famílias com crianças pequenas tiveram de fugir pelas ruas secundárias enquanto a polícia avançava. A fila para entrar no velório de Maradona tinha mais de 20 quadras de extensão. Durante o tumulto, alguns invadiram a Casa Rosada. Por precaução, o caixão do ídolo foi transferido para um outro salão.

A confusão teve início perto do fim do velório, que a pedido da família, terminou às 16h. Com longas filas desde a madrugada, o público estava muito ansioso para passar pelo salão onde estava o caixão do ídolo argentino. Por causa dos cuidados com a pandemia do novo coronavírus, a presença foi restrita a no máximo 20 pessoas por vez.

*Estadão

Leia também1 Funerária demite funcionário por foto com corpo de Maradona
2 Maradona: Família acredita em erro na prescrição de remédios
3 Advogado de Maradona reclama de demora da ambulância
4 Tumulto marca início do velório de Maradona na Argentina
5 Insuficiência cardíaca matou Maradona, indica autópsia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.