Leia também:
X EUA: Ao menos 50 pessoas são achadas mortas em caminhão

Mortes em caminhão: Vítimas estavam em exaustão pelo calor

Chefe da corporação informou que vítimas estavam "quentes ao toque"

Paulo Moura - 28/06/2022 12h18 | atualizado em 28/06/2022 12h36

Ao menos 50 pessoas foram encontradas mortas em caminhão Foto: EFE/EPA/Adam Davis

O comandante dos bombeiros de San Antonio, no Texas, onde um caminhão foi encontrado abandonado com 50 mortos nesta segunda-feira (27), deu detalhes sobre a situação presenciada pelos agentes durante o resgate das pessoas que estavam no veículo. De acordo com Charles Hood, as vítimas estavam “quentes ao toque” e sofrendo de “exaustão pelo calor”.

– Os pacientes que vimos estavam quentes ao toque, estavam sofrendo de insolação, exaustão pelo calor e sem sinais de água no veículo. Era um caminhão refrigerado, mas não havia unidade de ar-condicionado visível em funcionamento – disse Hood.

Além dos 50 óbitos, outras 16 pessoas — 12 adultos e quatro crianças — foram levadas para o hospital conscientes. A identidade das vitimas não foi divulgada, mas a hipótese inicial é que elas sejam imigrantes. Para a realização do resgate, foi montada uma grande operação de emergência com policiais, bombeiros e ambulâncias.

Segundo o chefe de polícia de San Antonio, William McManus, as autoridades foram alertadas às 17h50 (19h50 de Brasília). Três pessoas foram detidas no local, mas o chefe policial disse ainda não saber se elas estão envolvidas com o ocorrido ou não. A investigação do caso foi transferida para o Departamento de Segurança Nacional.

SOBRE O CASO
Ao menos 50 pessoas foram encontradas mortas dentro e próximas a um caminhão, e outras 16 foram levadas para hospitais, em uma suposta tentativa de contrabando de imigrantes para os Estados Unidos. As informações foram divulgadas inicialmente na noite desta segunda-feira (27) por autoridades de San Antonio, no Texas.

O veículo foi achado próximo a trilhos de trem na região de Southwest Side, em San Antonio. A cidade fica a cerca de 250 quilômetros da fronteira entre Estados Unidos e México. A polícia local segue nas buscas pelo motorista do caminhão, que teria abandonado o veículo. Ao todo, três pessoas foram detidas, mas ainda não há informações sobre a relação delas com o caso.

O caso já figura entre as tragédias mais mortais entre aqueles que tentam cruzar a fronteira entre os Estados Unidos e o México nas últimas décadas. Em 2017, dez pessoas morreram depois de ficarem presas dentro de um caminhão estacionado em um Walmart em San Antonio. Em 2003, 19 pessoas foram encontradas em um caminhão a sudeste da cidade.

Os caminhões surgiram como um método popular de imigração ilegal no início dos anos 90, em meio a um aumento na fiscalização das fronteiras dos EUA em San Diego e El Paso, no Texas, que eram os corredores mais movimentados para travessias ilegais. O calor representa um sério perigo, especialmente quando as temperaturas podem subir severamente dentro dos veículos.

Leia também1 Advogada é morta ao tentar impedir violência doméstica
2 Bolsonaro e Lula disputarão votos "juntos" em Salvador
3 Tarcísio afirma que colocaria a "cara no fogo" por Bolsonaro
4 Incêndio na Santa Casa de BH deixa dois pacientes mortos
5 EUA: Ao menos 50 pessoas são achadas mortas em caminhão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.