CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Paquistão confirma ao menos 35 mortes em acidente aéreo

Mordomo da Casa Branca, de 91 anos, morre de Covid-19

Wilson Roosevelt se aposentou em 2012, no governo Obama

Gabriela Doria - 22/05/2020 14h47 | atualizado em 22/05/2020 21h55

Mordomo Wilson Rossevelt Jerman trabalhou com 11 presidentes Foto: Reprodução

O mordomo da Casa Branca Wilson Roosevelt Jerman, de 91 anos, morreu após contrair a Covid-19, informou a família. Roosevelt trabalhou para 11 presidentes norte-americanos e se aposentou em 2012, no governo de Barack Obama.

– Com a sua amabilidade e cuidado, Wilson Jerman ajudou a fazer da Casa Branca um lar durante décadas para várias primeiras famílias, incluindo a nossa. O seu serviço aos outros, a sua vontade de ir mais além pelo país que amava e por todos aqueles cujas vidas tocou, são um legado digno do seu espírito generoso – disse a ex-primeira-dama Michelle Obama.

O mordomo começou trabalhando como encarregado de limpeza durante o governo do presidente Dwight Eisenhower, em 1953. Ele foi promovido em 1961, no início da era Kennedy, e deixou a função em 2012, após trabalhar com 11 presidentes.

A assessora da Casa Branca na gestão Obama, Desiree Barnes, lembrou da simpatia do mordomo.

– Não importava qual era o partido político, ele estava lá para servir. Ele esteve lá em alguns dos dias mais difíceis para muitos presidentes. Imagine estar lá quando o presidente Kennedy foi assassinado e ter de receber a primeira dama. Portanto, ele era um homem muito empático – elogiou.

Leia também1 ESPECIAL: Idosos dizem como encaram a pandemia e a Covid
2 Covid 19: Médica em Nova York explica pandemia
3 Paquistão confirma ao menos 35 mortes em acidente aéreo

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo