Leia também:
X Bolsonaro é o único brasileiro na lista da Revista Time

Missionário americano é assassinado no Paraguai

O homem morava próximo à fronteira do Brasil

Mayara Macedo - 11/04/2019 14h50

Missionário Wayne Laroy Goddar Foto: Reprodução

Um missionário americano identificado como Wayne Laroy Goddar, de 50 anos de idade, foi assassinado na aldeia indígena em que vivia, chamada Mboi Jagua de Villa Ygatimí, em Canindeyú, a 90km da fronteira do Paraguai com o Brasil.

– Ele foi morto com um tiro de escopeta e a linha de investigação é de que os suspeitos queriam roubá-lo. Eles só mataram e não levaram nada – contou o diretor de polícia que cuida do caso ao portal G1.

Wayne morava na aldeia há 25 anos e foi morto por cinco criminosos que invadiram sua propriedade. Nenhum deles era indígena. Ainda segundo as autoridades, um dia antes de morrer, o missionário teria vendido algumas vacas para uma pessoa que não foi identificada, mas que está na lista de suspeitos.

Até o momento, ninguém foi preso e a família de Wayne, que também morava no Paraguai, já está a caminho de Canindeyú para o enterro do ente querido.

Leia também1 Bolsonaro é o único brasileiro na lista da Revista Time
2 Coreia do Sul anula lei que criminalizava o aborto
3 Julian Assange é preso após embaixada cancelar asilo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.